Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Jornada ingrata para equipas de Benguela

28 de Julho, 2018

1 de Maio tem misso difcil esta tarde no Mundunduleno

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

A Académica do Lobito está de longe melhor que o vizinho 1º de Maio de Benguela no Girabola Zap 2018, mas a sua quebra de rendimento nas últimas jornadas é tão acentuado que até deixou de fazer parte do pelotão da frente do campeonato. Situação pior vive o Maio, último na classificação, é por isso que os proletários têm de soltar a voz para evitar o que parece ser uma questão de jornadas.
O 1º de Maio é o único de Benguela a entrar em cena esta tarde, 15h00, no Mundunduleno, terreno do FC Bravos do Maquis, e pontuar é condição indispensável para os proletários continuarem a acalentar a esperança de permanência.
A pressão de vencer está com os benguelenses, esta situação desconfortável, até certo ponto, pode ser bem explorada pelos maquisardes para somar os pontos necessários para resolver em definitivo a questão da manutenção.
Ainda para hoje está agendado o Recreativo do Libolo - Desportivo da Huíla, 15h00, em Calulo, um jogo em que o aliciante vai ser a tentativa libolense de pôr um freio na marcha militar. Sem estar habituado a correr atrás do Desportivo, 4º. com 33, o Libolo, 8º. com 28 pontos, vai ter de se conformar com a realidade e tem de respeitar a boa campanha militar, caso não queira ser superado em casa porque a equipa da Huíla está competitiva e por isso a fazer uma das melhores épocas dos últimos anos.
Os rugidos que vêm do enclave podem ferir a verdade desportiva do campeonato, a situação financeira do Sporting de Cabinda pode resultar em falta de comparência caseira contra o Sagrada Esperança.
O jogo está marcado para as 15h00 no Tafe, há todos os motivos para acreditar que os atletas podem adiar a greve, mas é fácil ver que a motivação não vai estar em campo, motivo por que os diamantíferos podem tirar bom proveito da situação para distanciar-se do perseguidor.
A jornada prossegue amanhã com o promissor Académica do Lobito - Progresso Sambizanga, 15h00 no Buraco, um jogo em que os estudantes vão tentar recuperar as notas anteriores para acabar, nem que seja de modo momentâneo, com o declínio que se acentua com o decorrer das jornadas.
Os sambilas antes estavam com inveja das notas dos estudantes, mas de repente tudo mudou, a Académica baixou de produção e o Progresso em caso de vitória vai chegar aos 27 pontos, vai ter menos um ponto de desvantagem que os estudantes. O segundo e único jogo previsto para amanhã vai ser o Kabuscorp - Cuando Cubango FC, 17h00, nos Coqueiros, um jogo em que o favoritismo palanquino vai chocar contra a ousadia do primodivisionário, que vem a Luanda atrás do mínimo, o pontito.