Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscop travado na Cala

Teixera Cndido - 13 de Julho, 2015

Kabuscorp deixa Libolo fugir

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Kabuscorp do Palanca ficou mais distanciado do Recreativo do Libolo, ao empatar a zero bola ontem, no Huambo, frente ao Caála, no fecho da 16ª jornada do Girabola2015. Os vice-campeões não fizeram melhor do que na primeira volta.Os comandados de Miller Gomes voltaram a consentir um empate diante do Recreativo da Caála, tal como na primeira volta. É um resultado que prejudica o andamento do Kabuscorp do Palanca, agora afastado do segundo lugar.

A saída maciça de alguns jogadores importantes, assim como as dificuldades financeiras que enfrentava, faziam do Recreativo da Caála um adversário ultrapassável pelo Kabuscorp do Palanca. Porém, a equipa de Luanda não conseguiu materializar o favoritismo.  Com esse resultado, a equipa do Palanca passa a ocupar a terceira posição, a seis pontos do Recreativo do Libolo e a dois do Benfica de Luanda, segundo classificado. Na próxima jornada, o Kabuscorp do Palanca tem a oportunidade de reduzir a diferença pontual diante do Libolo, quando se defrontarem.

Tal como o Kabuscorp do Palanca, o Recreativo da Caála não aproveitou os deslizes dos seus principais adversários, como  Domant FC, Sporting de Cabinda e Académica do Lobito.Os estudantes consentiram ontem também uma igualdade a uma bola frente ao FC Bravos do Maquis, que atravessa uma crise financeira aguda. A realização do jogo dependeu de uma demorada negociação com a sua direcção e apesar dessa situação a equipa arrancou um ponto, que coloca o FC Bravos do Maquis na nona posição, com os mesmos 19 pontos do Sagrada Esperança.

Para os estudantes do Lobito foram dois pontos desperdiçados, pois os jogos em casa e com adversários do meio da tabela são para serem ganhos obrigatoriamente. A Académica adiantou-se no marcador aos 26 minutos por Yasser. Mas o FC Bravos do Maquis restabeleceu a igualdade quatro minutos depois por Castro, que aproveitou a distracção da defesa da Académica que contava com um fora de jogo. O desafio terminou com esta igualdade, que coloca os estudantes na 12ª posição, com os mesmos 17 pontos do Desportivo da Huíla.