Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp recuperar liderana

Betumelano Ferr?o - 13 de Março, 2017

Santa Rita de Cssia FC defronta hoje tarde no 4 de Janeiro equipa cem por cento vitoriosa no campeonato

Fotografia: Nuno Flash | Edies Novembro

A liderança do campeonato pode voltar a pertencer ao Kabuscorp do Palanca. Esta tarde, a partir das 15h00, no estádio 4 de Janeiro, os palanquinos vão tentar fazer ao Santa Rita de Cássia o mesmo que fizeram aos anteriores adversários, vencer, para disparar de novo no topo da classificação do Girabola ZAP.

O Kabuscorp entra como único favorito, os resultados dos outros concorrentes ao título vão apressar os palanquinos para tentar recuperar o que é seu. Mesmo se ainda não soubesse do desempenho da concorrência, os palanquinos iriam entrar em campo com a mesma disposição ainda mais porque o seu fulgurante início de campeonato mostra quão competitivos estão.

A questão a ser resolvida durante os 90 minutos nada tem a ver com um placar gordo ou magro, o que importa é ganhar, é isto o que seguramente Romeu Filemon pediu aos atletas. Uma vantagem magra dá sempre esperança de recuperação ao adversário, mas entre ficar em branco ou terminar com 1-0, 2-1 ou 3-2, é fácil saber qual seria a escolha dos palanquinos.

O Santa Rita joga em casa, é verdade, mas sem muitas hipóteses de ditar o ritmo em campo, o milagre pode acontecer mas vai exigir que os anfitriões reconheçam, primeiro, que só podem aproveitar as sobras deixadas pelo Kabuscorp.

Se adoptar uma atitude sobranceira, jogar de peito aberto, o Santa Rita aumenta as chances de sair humilhado porque vai dar espaço para as individualidades do Kabuscorp brilharem. O que se espera, é que os pupilos de Sérgio Traguil condicionem ao máximo o jogo do adversário, quanto menos bolas os craques como Lami tiverem, melhor porque os palanquinos vão ficar sem muito poder de inspiração.

O jogo entre o Santa Rita e o Kabuscorp está longe de prefigurar o drama bíblico David - Golias, mas é ponto assente que os palanquinos também vão adoptar todas as cautelas necessárias para evitar a surpresa num golpe de eficácia do adversário.

A equipa palanquina está com bom aproveitamento extramuros, o seu pleno no Girabola ZAP 2017 também está a ser contabilizado pelos triunfos sobre a Académica do Lobito e o FC Bravos do Maquis. A maneira como o Kabuscorp obteve estes triunfos deixa ler nas entrelinhas que com ou sem facilidades os pupilos de Romeu Filemon descobrem sempre o caminho da vitória.

O Santa Rita de Cássia quer causar estrondo na sua época de estreia no campeonato, um empate na recepção ao Kabuscorp já seria alguma coisa, mas Sérgio Traguil e pupilos não vão hesitar em petiscar, se o Kabuscorp lhe der oportunidade de arriscar.

SANTA RITA DE CÁSSIA FC


O treinador do Santa Rita de Cássia FC, Sérgio Daniel Traguil, promete surpreender o Kabuscorp do Palanca esta tarde, no estádio 4 de Janeiro, no Uíge, no fecho da quinta jornada, apesar do bom momento que os palanquinos atravessam no arranque do Girabola Zap.

\"Sabemos que vamos defrontar uma das melhores equipas (Kabuscorp) nessa fase inicial do campeonato, razão pela qual, preparamo-nos com todas as cautelas que se impõem. Estamos cientes de que vamos enfrentar alguma dificuldade, mas não há nenhum nervosismo à volta disso e teremos uma palavra a dizer no fim do jogo\", começou por afirmar o português que orienta o conjunto do Santa Rita de Cássia.

Sérgio Traguil confessou a intenção de montar uma estratégia que permita pressionar o adversário, tal como aconteceu no jogo da jornada anterior, diante do ASA, em Luanda, de forma que o Kabuscorp se sinta coagido e encontre dificuldade nas suas manobras de transição durante o jogo.

 \"Tendo em conta o estatuto do adversário, trabalhámos no sentido de montar uma estratégia em que o Kabuscorp possa sentir-se pressionado, sem possíveis facilidades de manobra no terreno de jogo. Essa estratégia consiste igualmente em preparar tudo ao pormenor, de forma que possamos conseguir uma vitória nessa partida\", garantiu o técnico.

A vitória é a palavra do dia no pensamento do treinador Sérgio Traguil, de maneira que a sua equipa possa dar alegria aos associados em particular, e ao povo do Uíge em geral, por isso promete encarar o adversário sem medo e terminar triunfante.

\"É um jogo que queremos ganhar, como é óbvio, de forma que possamos dar alegria aos nossos associados, em particular, e ao povo da província do Uíge, no geral. A nossa intenção é de dar garantia aos nossos adeptos de que estamos a trabalhar em defesa do bom nome dessa região do país\", esclareceu.

Ainda com relação aos adeptos, o treinador Sérgio Traguil pediu tranquilidade e confiança, pois, é desejo desse técnico fazer um bom campeonato, para que possam festejar em conjunto no final da prova.

\"Que os nossos adeptos fiquem tranquilos e confiem em nós, porque queremos fazer um bom campeonato, para que no seu final todos, dirigentes do clube, equipa técnica, atletas e adeptos possamos festejar em conjunto\",solicitou.                                                                                             AUGUSTO PANZO

CASTIGO FEDERATIVO
Manuel falha duelo no estádio 4 de Janeiro


O Kabuscorp do Palanca tenta hoje à tarde, no estádio 4 de Janeiro, no Uíge, recuperar a liderança do Campeonato Nacional, perdida na sexta-feira, a favor do 1º de Agosto, quando defrontar o Santa Rita de Cássia FC, na conclusão da quinta jornada do Girabola Zap, sem o influente médio Manuel. 
 
O antigo jogador do Benfica de Luanda vai cumprir um jogo de suspensão pelo facto de ter sido expulso no desafio da ronda passada, diante do Sagrada Esperança da Lunda Norte, pois viu em duas ocasiões o cartão amarelo.

O reforços da equipa palanquina tem sido titular desde à primeira jornada do Girabola ZAP. Por esta razão, Chico Caputo pode ser chamado a colmatar a ausência de Manuel no jogo com a formação uigense.

Como forma de afinar bem a estratégia a utilizar hoje à tarde no Uíge, Romeu Filemon e adjuntos promoveram ontem de manhã, no Estádio dos Coqueiros, a sessão derradeira de preparação, com realce para o ensaio lances de bola parada. 

O Kabuscorp, única equipa que ainda não perdeu pontos no campeonato,  em quatro jogos somou igual número de vitórias, está desde ontem na cidade do Uíge para esse importante desafio. 

O grupo às ordens de Romeu Filemon entra hoje em campo galvanizado pelos quatro triunfos consecutivos,  por esse facto os jogadores e técnicos só pensam na conquista dos três pontos ante os \"católicos\" uigenses, para regressar à liderança nesse momento em posse do campeão 1º de Agosto.

O Jornal dos Desportos apurou que depois do jogo com a Santa Rita de Cássia FC, a equipa do Kabuscorp do Palanca regressa a Luanda para preparar, ao pormenor, o duelo da sexta jornada, diante do Petro de Luanda, naquele que é o primeiro grande teste da formação campeã nacional de 2013 no presente Girabola Zap.                           MANUEL NETO