Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp acelera para Petro de Luanda

Manuel Neto - 28 de Julho, 2017

Atenes no capitulo defensivo e ofensivo

Fotografia: Jornal dos Desportos | Edies Novembro

A equipa do Kabuscorp do Palanca entrou na fase descendente da preparação do jogo com a turma do Atlético Petróleos de Luanda.

Na quarta-feira à tarde no Estádio da Cidadela o grupo trabalhou  de forma integral mas a equipa técnica liderada por Romeu Filemon centrou  as suas atenções no capitulo defensivo e ofensivo, demonstrando uma grande intenção de apresentar uma equipa sólida  no sector defensivo e eficiente no ataque, pois a equipa técnica sabe que tem pela frente um adversário onde pontifica  atletas com alguma  qualidade competitiva com realce para o melhor marcador da prova, Tiago Azulão, atleta com capacidade para desfeitear  qualquer defesa.

Ainda assim , apesar de o grupo palanquino ter ganho o confronto entre si na primeira volta da prova, deixa a entender que a eficiência no sector ofensivo vai ser fundamental para o desfecho do encontro, por isso, Filemon e atletas estão atentos a todos os pormenores importantes inerentes ao jogo de forma a tirar melhor proveito do jogo, que passa sobretudo por uma vitória. A equipa volta a trabalhar hoje às 16h00, no adjacente ao Estádio 11 de Novembro.

INTEGRAÇÃO
O médio Amaro e o central  Nary do Kabuscorp do Palanca que estiveram ao serviço da Selecção Nacional de Futebol que se  apurou domingo passado para a última eliminatória para o CHAN, ao eliminar a similar das Ilhas Mauricias,  integraram o grupo que prepara ansiosamente o jogo do próximo domingo  diante da turma do Atlético Petróleos de Luanda, válido para a 21ª jornada do Girabola Zap.

Os dois atletas  são pedras basilares na equipa às ordens de Romeu Filemon e apesar de terem ficado algum tempo sem treinarem  com o grupo trabalharam ontem sem sobressaltos e  tudo  indica que podem  constar da lista dos convocados da equipa  técnica a julgar pela preponderância dos mesmos no grupo palanquino.

 Amaro proveniente do Benfica de Luanda, reforçou esta época a turma do Palanca e tem caído na graça do técnico pelas qualidades que apresenta quer no sector defensivo como  ofensivo,  ao passo que Nary na segunda  época ao serviço do clube, impõe  solidez no sector defensivo onde  combina  regularmente com o jovem Libero proveniente da  equipa da Académica Petróleos do Lobito, formando um núcleo duro no centro.

Em face disso, tudo aponta para um grupo mais forte diante do Petro de Luanda, onde a equipa pretende uma vitória  de forma a continuar a sonhar ainda com o titulo de campeão desta época.

 O Kabuscorp é  o terceiro classificado da prova, ao passo que o Petro ocupa a segunda posição na tabela de classificação com 37 pontos  fruto de 12 vitórias e um empate, mas tem  menos quatro jogos que os seus rivais, 1º de Agosto e Kabuscorp.