Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

kabuscorp dispensa metade da equipa

Augusto Panzo - 07 de Novembro, 2012

Formao palanquina aposta numa equipa nova para atacar a prxima poca

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa do Kabuscorp Sport Clube do Palanca pode perder metade dos jogadores, soube o Jornal dos Desportos de uma fonte ligada à direcção do clube.Da lista, os destaques são Milex, Pataca e Sawú, que representaram o clube nos últimos anos, mas até ao momento não renovaram os contratos.O JD apurou ainda que, além dos atletas acima referidos, constam do grupo os guarda-redes Hugo e Rúbia, os defesas centrais Cláudio Borges e Buzin, os médios Tchicuma, Ndó, Kalobo e Bokungu, assim como o atacante Agoya.

Apesar de serem jogadores de reconhecida valia técnica, a direcção do clube, que pretende rejuvenescer o plantel para próxima temporada, mantém a sua posição e em princípio não vai negociar com muitos jogadores e muito menos ceder às exigências dos atletas.À semelhança destes jogadores, Mbiyavanga Kapela, o treinador-adjunto do clube, tem também a sua situação indefinida e aguarda pelo regresso ao país do presidente do clube, Bento Kangamba, que se encontra em Portugal a tratar da contratação do substituto de Viktor Bondarenko.

Mbiyavanga ainda acalenta esperanças de continuar na equipa técnica, sendo ele um quadro do clube, ao contrário do seu antigo chefe de equipa, que trabalhava por contrato.O JD apurou que, para colmatar a vaga deixada pelos jogadores a que nos referimos, a direcção do clube contratou seis atletas no mercado interno, que vão ser apresentados à imprensa nos próximos dias.

PRÓXIMA ÉPOCA
Rivaldo é cogitado

para director técnico


O brasileiro Rivaldo, que anunciou através da sua conta no seu Twitter, que deixa o Kabuscorp e o futebol angolano, é apontado como o possível director técnico do Kabuscorp do Palanca, de acordo com uma fonte próxima da direcção deste emblema.“Dia de despedida aqui em Angola, mas será só no futebol, pois com certeza Angola é minha casa para sempre. Momentos especiais com as crianças hoje. Obrigado Deus, por este ano mais que especial”, escreveu o antigo internacional brasileiro.

Segundo a nossa fonte, este assunto não constitui ainda um facto, já que além dessa possibilidade, o capitão pode ser um dos técnicos-adjuntos, uma posição que ainda não reúne consenso.Aos 40 anos, Rivaldo foi contratado pela direcção do Kabuscorp na presente temporada, com o propósito de reforçar o ataque, mas ao que parece, essa contratação não surtiu os efeitos desejados, apesar de constar da lista dos melhores marcadores da época.

EM GOZO DE FÉRIAS
Técnico aguarda por propostas


O técnico Viktor Bondarenko terminou o seu vínculo contratual com o Kabuscorp do Palanca e encontra-se livre para outros compromissos. O treinador russo afirmou ao Jornal dos Desportos que aguarda por propostas de equipas interessadas.  Em contacto telefónico a partir da África do Sul, onde se encontra desde domingo, Bondarenko manifestou a vontade de continuar a treinar equipas angolanas, por se sentir à vontade no território nacional.

“Como é do vosso conhecimento, o meu contrato com o Kabuscorp, equipa que dirigi nos últimos três anos, terminou. Neste momento, estou livre e encontro-me na África do Sul em gozo de férias, enquanto aguardo por propostas das equipas interessadas nos meus préstimos. Continuo disposto a treinar equipas angolanas, pois, acho esse país é maravilhoso”, referiu o treinador.Depois de uma passagem pelo 1º de Agosto, o dono da célebre frase “atacar, atacar, atacar” afirmou que não pensa deixar o futebol nacional. “Quero contribuir para o desenvolvimento do futebol angolano, um país que adoro”, finalizou.