Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp mantém liderança

Valk?dia Kambata - 10 de Abril, 2017

O empate registado ontem mantém o Kabuscorp na liderança com vantagem de um ponto sobre o 1º de Agosto

Fotografia: Santos Pedro | edições novembro



O Kabuscorp do Palanca  empatou com o Interclube, sem golos, em jogo da 9 jornada do campeonato nacional de futebol da I divisão. A formação palanquina com o maior número de adeptos no estádio 22 de Junho, dando a sensação de estar a jogar em casa, assumiu o controlo do jogo, mostrando, claramente, as suas \"garras\" de líder da prova, mas os anfitriões policias não estavam para ver os visitantes a mandar.

O primeiro grande perigo da equipa do Kabuscorp aconteceu aos 15 minutos quando  Lamy assistiu bem Jacques  na grande área, mas o goleador da equipa de Bento Kangamba não conseguiu controlar a bola  dentro do rectângulo de jogo.

Os visitantes a jogar tranquilos,  ainda estiveram perto de marcar aos 20 minutos. Depois de um cruzamento de Lamy, o \"keeper\" Neblu saiu em falso e valeu a pronta intervenção de Fabrício que na linha evitou aquilo que seria o primeiro golo do jogo. A cada minuto, o desafio tornava-se mais disputado e mais e alegre para gáudio dos amantes do futebol.

Aos 38 minutos, numa jogada rápida de contra ataque, Mano assistiu Dasfaa à entrada da grande área e este, depois de passar por dois defesa, e com a baliza enquadrada... rematou forte por cima, deixando dos presentes em campo perplexos. Ao cair da primeira parte do os polícias reclamaram uma grande penalidade, depois de Dasfaa, isolado na grande área, ter sido empurrado pelo defesa Mussumary. Porém, a cação contra si não foi sancionada pela equipa de arbitragem .

SEGUNDA PARTE

No reatamento as duas equipas entraram com a mesma disposição  e vontade de chegarem ao golo nos primeiros instantes. A consistência as duas defesas, impediu, no entanto, que os avançados podassem fazer o seu trabalho, que é marcar golos.  Baca e Fabrício, pelo Interclube, não deram espaço a Lamy e Jacques, bem como Nary e Libero conseguiram anular as investidas de Chico e Dasfaa.

Tal como fizeram na primeira parte, nos últimos minutos, os policias caíram por cima do Kabuscorp do Palanca, ora por Karanga ora por outra Paty que procuravam rematar sempre que podiam fora da área. O resultado não se alterou e a igualdade a zero foi o mais ideal por tudo aquilo que as duas equipas fizeram em campo.

MELHOR EM CAMPO
Neblu safou
lances de golo


Neblu, guarda-redes do Interclube, justificou mais uma vez a sua aposta como titular na baliza dos polícias.  O atleta dos policia transmitiu confiança aos seus colegas pois esteve seguro na baliza.  Por três ocasiões defendeu, aquilo que para muitos já golo feito.

ARBITRAGEM
Um  pénalti
por assinalar


A equipa de arbitragem  liderada pelo arbitro Paulo Sérgio  esteve mal. Começou o jogo com três minutos de atraso e pecou no ajuizamento de vários lances. Não assinalou um pénalti claro quando Dasfaa foi empurrado na grande área. A par disso, não esteve sincronizado com os seus auxiliares, o que  o levou a assinalar vários foras de jogos inexistentes.

OPINIÃO DOS TÉCNICOS

“Triste por não ganhar”


“Dou parabéns ao futebol angolano pela qualidade de jogo que as duas equipas mostraram à moldura humana que esteve no estádio, mas estou triste por não ganhar. É certo que o Kabuscorp tem estado na liderança, tem bons jogadores como o actual melhor marcador, contudo, se a vitória fosse alcançada pelo Interclube estaria mais claro a caminhada para o título porque reafirmo que o objectivo da equipa é a conquista do campeonato” .

“Continuamos na liderança”

“Sabíamos que seria um jogo difícil em casa de um adversário que está a portar-se muito bem, vimo-lo nas jornadas que já foram disputadas. A jogar em casa tapou maior parte das nossas linhas de passe e evitou, assim sofrer golos. O resultado é junto e vamos continuar a trabalhar para vitórias nos jogos seguintes. Continuamos da liderança do campeonato”