Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp prepara jogo com a Cala

17 de Fevereiro, 2016

No plantel palanquino h jovens promovidos do escalo de jnior

Fotografia: Manuel Neto

O central Mingo Sanda, é  um dos reforços sonantes  da equipa do Kabuscorp do Palanca, foi  o único ausente na primeira  sessão  da semana que o  grupo realizou na segunda-feira no Estádio dos Coqueiros para o jogo de sábado com o Recreativo da Caála  referente ao Girabola Zap, que abre no dia 19 com o jogo Benfica de Luanda - 1º de Agosto.

No decurso da sessão, Miler Gomes técnico principal foi bastante incisivo nas correcções dos aspectos técnicos,  fez  três paragens consecutivas para   curtas  prelecções à volta dos erros que o grupo foi apresentando, sobretudo no desdobramento rápido para o ataque a  demonstrar que pretende uma equipa ousada no último terço do adversário, no jogo de sábado com o Recreativo da Caála.

A equipa regressou no sábado do estágio em Benguela, onde permaneceu durante  17 dias.  Na cidade das Acácias Rubras  o grémio presidido por Bento dos Santos kangamba  realizou  seis jogos amigáveis.

A equipa ganhou, por 1-0,  ao Progresso da Lunda Sul, 3-1, ao 1º de Maio de Benguela, perdeu por  4-1, com o Interclube e venceu a equipa do JGM do Huambo, por 2-0. Também empatou  com a Académica do Lobito, por 1-1.

Durante o estágio, os jovens  que  o técnico Miler Gomes foi buscar ao escalão de júnior foram os que mais se destacaram, na ânsia de garantirem um lugar na equipa principal.

Neste particular, maior realce vai para o atacante  Fundo, um  dos jovens que  mais golos  marcou  no estágio, igualou  o seu colega Mano, ambos com quatro golos .
Neste ano, a equipa palanquina persegue o título de campeão nacional, assim como a Taça de Angola. Por isso, a direcção caprichou na  renovação do plantel,  introduziu  atletas vindos dos juniores e do estrangeiro, de forma  a atingir os objectivos traçados para a época de 2016.
 O conjunto trabalhou ontem de manhã, no Estádio dos Coqueiros.

META
Caalenses têm como objectivo
classificação na quinta posição


Depois da 11ª posição alcançada o ano passado, a pior desde que ascendeu em 2009 à I divisão, o Recreativo da Caála promete neste ano lutar pelos cinco lugares do Girabola Zap e vencer a Taça de Angola.

A pretensão foi manifestada no domingo à Angop, pelo treinador principal do conjunto, Hélder Teixeira, no final do jogo de apresentação do plantel aos sócios e adeptos.

O técnico garantiu estarem criadas as condições para cumprir com as metas, referiu-se a qualidade dos jogadores e as condições criadas pela direcção, para realização de uma época tranquila.

O único representante da província do Huambo na I divisão esteve à beira de conquistar o Girabola em 2010, ao terminar na segunda posição com os mesmos pontos que o campeão e dois anos depois foi finalista vencido da Taça de Angola.
No domingo vai defrontar em Luanda o Kabuscorp do Palanca, para a ronda inaugural do Girabola Zap, nova designação do Campeonato Nacional de futebol da I divisão.

GOLEADA
O Recreativo da Caála goleou no domingo, por 4-0, o Desportivo JGM, da 2ª divisão, em jogo que serviu para apresentar o plantel com vista o Girabola ZAP'2016, nova designação do Campeonato Nacional de futebol da I divisão que inicia na sexta-feira.

O encontro foi disputado no Estádio do Recreativo da Caála, a 23 quilómetros da cidade do Huambo, apesar da entrega dos jogadores de ambas equipas o resultado final foi o que  pouco interessava.

Os golos foram apontados por Paizinho, aos 38m, Maninho 50m, Tigui 77m e Sukuma 90+3m.
O Recreativo da Caála entrou de inicio com, Carlos - Essombo, Yamba Asha, Boka, Finidi - Vovó, Dudú, Boubakar, Heumi, Maninho - Paizinho.
Alinharam na  segunda parte, Dadão - Lelé, Projecto, Pedro - Gaúcho, Gilberto, Ossiki, Sukuma, Tigui, Gildo - Zeca e Kakandiontikina.
Não foram utilizados o guarda-redes Capessa, os defesas Ady e Lúcio, os médios Vadinho e Leonardo, os avançados, Landry, Fábio e Vitinho.