Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp procura segunda vitria consecutiva

Paulo Caculo - 24 de Novembro, 2018

Conjunto do Palanca segue viagem na tarde de hoje para o Lubango

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro

A equipa do Kabuscorp do Palanca realiza esta manhã às 9h00, a última sessão de treinos antes da deslocação ao Lubango, para o jogo com o Desportivo da Huíla, agendado para domingo, a contar para a terceira jornada do Campeonato Nacional.
O conjunto às ordens de Paulo Torres projecta para o difícil embate com os militares huilanos, um futebol rápido, dinâmico e carregado de intensidade, aliás, à semelhança do que foi o embate com o Interclube, na jornada anterior.
O técnico do Kabuscorp surge nos treinos muito interventivo (como sempre), puxa muito pelos seus jogadores, a deixar claramente perceber que pretende uma equipa forte e coesa.
Durante o ensaio da estratégia, no centro de treinos do Benfica de Luanda, em Cacuaco, Paulo Torres voltou a dividir o grupo em duas equipas e promoveu uma curta “peladinha” em campo curto. O treinador deve ter ficado com boas impressões da movimentação colectiva e individual do grupo.
O técnico dos palanquinos insistiu muito na circulação da bola, incitou à valorização da posse e obrigou os seus pupilos a pressionarem o homem com bola, numa clara imagem de querer sujeitar os huilanos ao jogo de alta pressão. Enquanto isso, os adjuntos Quim Manuel e Rui Oliveira aproveitavam para trabalhar com os guarda-redes e coordenar os ensaios físicos.
Durante a semana de preparação que encerra hoje, a equipa técnica e jogadores do Kabuscorp deixaram também transparecer a imagem de enorme crença na conquista da segunda vitória consecutiva.  Aliás, motivação é a palavra de ordem no balneário.
Não se vislumbram grandes novidades em relação ao “onze”,  os palanquinos devem \"reeditar\" os titulares que estiveram na vitória com o Interclube, ou seja, Dadão à baliza, Fabrício, Celson Barros, Lunguinha e Amaro, na defesa, Magola, Lami, Zebedeu, Ebunga e Bagaza, ao centro, e o goleador Etekiama Taddy no ataque.
Apenas no final da sessão de treinos desta manhã, o técnico Paulo Torres torna pública a lista dos 18 jogadores convocados para a viagem à Huíla. Treinam às ordens do treinador português, os guarda-redes Josué, Dadão, Prince e JB - os defesas Nani, Valy, Simão, Celson, Lunguinha, Fabrício, Depaiza, Rafa, Zebedeu e Ebunga - os médios Paulito, Claúdio, Magola, Cabibi, Lami, Tombe, Carlos, Amaro, Balakai, Água Doce, Cristiano, Bagaza - os avançados Etekiama Taddy, Dilman e Nelito.

Chivinda antevê dificuldades

Marcos Chivinda, técnico adjunto do Kabuscorp do Palanca, afirmou ontem em declarações aos jornalistas, que a equipa antevê uma deslocação difícil no terreno do Desportivo da Huíla. O auxiliar de Paulo Torres garante que vencer na Huíla não será fácil, aliás, \"como acontece com todos os jogos do campeonato\".O técnico mostra-se satisfeito, pelo facto de ao cabo de dois jogos e prestes a entrar para o terceiro, a equipa técnica não ter preocupações com lesões ou cartões, razão pela qual assegura que o grupo viaja hoje confiante num bom resultado, apesar de esperar dificuldades.
\"A equipa está boa, estamos a preparar muito bem a equipa, para corresponder com o que são as nossas obrigações em campo. Está tudo bem, não temos problemas clínicos e muito menos cartões. Estamos a preparar o jogo com cautelas, como todos os outros, acima de tudo com muita disciplina e organização\", disse Marcos Chivinda. Instado a avaliar o adversário, o auxiliar de Paulo Torres afirmou que o Desportivo é uma equipa a respeitar, que joga bom futebol, com um grupo que trabalha junto há dois anos.
\"Vamos ao Lubango para fazer o nosso trabalho e lutar pelos três pontos. Estamos motivados e jogo após jogo, queremos alcançar os nossos objectivos. O objectivo é vencer o jogo. O Kabuscorp trabalha ao pormenor, com muita preocupação para precaver-se de eventuais dificuldades que possa enfrentar na Huíla\", garantiu.