Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp reforça liderança

Manuel Neto - 05 de Março, 2017

A vitória de ontem mantém a equipa do Palanca como a única invicta no Girabola

Fotografia: José Soares

Dois erros defensivos ditaram o resultado que reconfirmou ontem o Kabuscorp do Palanca como líder invicto do campeonato nacional mantendo a passada de campeão, ao vencer o Sagrada Esperança por 2-0 na abertura da quarta jornada do Girabola Zap.

Separados por dois pontos o jogo era aguardado com grande expectativa, já que o desfecho podia manter os palanquinos no comando ou os diamantíferos passariam à frente, caso vencessem.

Fazendo jus as posições que ocupavam, os primeiros minutos foram jogados com muita intensidade, com os dois conjuntos preocupados a chegarem cedo ao golo de forma a obterem uma maior tranquilidade na partida e forçarem o adversário a adoptar outra postura em campo.

Os lundas, apesar da condição de visitante não se inibiram e chegaram a ganhar uma ligeira vantagem no sector intermediário dos palanquinos, que passaram a acusar uma certa insegurança ante a pressão contrária.Contudo, não obstante o ascendente do Sagrada, a ansiedade pelo golo suplantava a qualidade técnica dos visitantes na hora da finalização e aos poucos a turma de Romeu Filemon foi equilibrando o jogo, mas sem algum sentido de baliza. A força e a experiência do plantel do Kabuscorp fez o plantel acreditar que o golo poderia acontecer a qualquer momento, pois, seria apenas uma questão de tempo e paciência.

E como no acreditar está o ganho, num lance a prior inofensivo o guarda-redes Yuri atrasou-se na saída e Jaques, oportuno, aproveitou a deixa para inaugurar o marcador aos 43'.O Sagrada ressentiu do golo e subiu as linhas em busca da igualdade desguarnecendo o sector recuado. Volvidos três minutos, o atacante do Kabuscorp voltou a justificar a contratação e num golo de belo efeito ampliou para 2-0.Na etapa complementar as duas equipas regressaram com a mesma disposição, mas pouco ou nada de vulto aconteceu, apesar da entrega e a vontade de penderem a balança a seu favor.

O trabalho do trio de arbitragem não teve influência no marcador, não obstante o técnico do Sagrada manifestar um certo descontentamento pela sua actuação.


DECLARAÇÕES

Quim Manuel
(Adj. Kabuscorp)


“Resultado justo”

Penso que estamos de parabéns por tudo que fizemos. Procuramos o resultado no inicio, fomos para frente e conseguimos os dois golos. Estamos satisfeitos  por tudo aquilo que a rapaziada fez ao longo da partida. Penso que  o resultado é justo.

Ekrem Asma
(Sagrada)

“Perdemos apenas um jogo” 

Não gosto de falar dos árbitros, mas as pessoas aqui presente viram o que aconteceu. O nosso atacante fez um golo limpo e o árbitro anulou e aos dois minutos do segundo tempo voltou acontecer a mesma coisa. Penso que isso não é bom para a prova. Perdemos apenas um jogo, mas devo dar os parabéns ao Kabuscorp ”.