Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp relana luta pelo ttulo

Manuel Neto - 19 de Setembro, 2016

O quarteto defensivo palanquino bem comando por Bob metia muita autoridade naquele sector,

Fotografia: Paulo Mulaza

O Kabuscorp do Palanca venceu ontem o ASA e relança a luta pelo título.O conjunto do Palanca sabe que a luta pelo titulo continua em dia,  por isso  entrou pressionante no sentido de fazer os golos nos minutos iniciais. Com esta pressão o ASA não conseguia desbobinar o seu  habitual rápido futebol.Não obstante a avalanche ofensiva imprimida pelos palanquinos os seus atacantes não conseguiam traduzir em golos as oportunidades que criavam fazendo com que os aviadores começassem a acreditar em si.

Nesta senda Minguito, e Nelito decidiram chamar a si a responsabilidade do jogo e com alguma destreza foram municiando o seu ataque que incomodavam  constantemente o  último reduto do Kabuscorp. O quarteto defensivo palanquino bem comando por Bobó  metia muita autoridade naquele sector, que era quase intransponível. O caudal ofensivo  palanquino crescia  cada vez mais  e o ASA  continuava  sem um fio de jogo de realce.

Inconformados com o resultado,  Lami preferia jogadas individuais mas a defesa  aviadora continuava certa. Jogava-se com alguma intensidade nesta altura,  com os palanquinos mais afoitos e esta atitude valeu-lhes o golo marcado por Magola aos 38 minutos de jogo quando tudo indicava par o empate na primeira parte.

O ASA  atingido pelo golo, procurou ressuscitar das cinzas fazendo algumas incursões  ao último terço adversário que  bem entrosados não davam qualquer chame ao adversário até  ao intervalo.Refeitos do cansaço, o ASA entrou melhor invertendo os papeis que as duas formações exerceram na primeira parte. Um ASA mais ofensivo na procura do empate e o um Kabuscorp bastante defensivo procurando gerir o resultado.

Inconformado com o resultado, o técnico Corola do ASA, fez algumas substituições que incomodavam os palanquinos. Filemon atento lançou Bruno  em campo que aos 85 minutos de jogo deu o golpe fatal elevando o marcador par 2.0 , para alegria do conjunto do Palanca que geriu até ao final do jogo.