Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kabuscorp visita Sporting de Cabinda

Augusto Panzo - 15 de Junho, 2017

Sorteio realizado coloca lundas nos oitavos de final onde defrontam o Interclube

Fotografia: Paulo Mulaza | Edies Novembro

O Progresso da Lunda Sul está isento dos Dezasseis avos de final da Taça de Angola, fase que se disputa no próximo dia 5 de Agosto, referente a época de 2017, cujo sorteio aconteceu ontem de manhã, na sede da Federação Angolana de Futebol (FAF). 

A isenção dos lundas, resulta do número ímpar de equipas nessa etapa da prova, por isso entram apenas nos oitavos de final, onde defrontam o Interclube. Os jogos Jackson Garcia - Recreativo da Caála e Sporting de Cabinda - Kabuscorp do Palanca são os que mais destaque merecem nos 16 avos de final, em função dos níveis competitivos das equipas intervenientes.

Apesar das surpresas que o futebol reserva, o 1º de Agosto é o conjunto com a tarefa mais facilitada nessa fase da Taça de Angola.
Vai ter como adversário a "desconhecida" e estreante formação do Kafalango FC, do Cunene. Tal como o conjunto militar do ex RI - 20, o ASA tem igualmente um adversário estreante e supostamente permeável nessa fase, que é a formação do FC Ajuda Social, representante da Lunda Sul.

A também estreante Adecofil, representante do Cuando Cubango, vai receber o Estrela Clube do 1º de Maio de Benguela, ao passo que, o ASK Dragão, do Uíge, defronta o JGM, do Huambo. O Victória Sport Clube do Bié, que regressa ao convívio dos grandes depois de 26 anos ausente, vai enfrentar o Santa Rita de Cássia FC, do Uíge.

O Conselho Técnico e Desportivo (CTD) da Federação Angolana de Futebol (FAF) colocou as equipas dos escalões inferiores na condição de anfitriões nos jogos dos dezasseis avos. Outro pormenor importante focado ontem durante o sorteio tem a ver com a data limite para a vistoria dos campos. Para o efeito, o CTD da FAF orienta taxativamente que até ao dia 25 de Junho, as equipas devem indicar os campos a usar na Taça de Angola, sob pena de quem vir seu campo reprovado, ser obrigado a jogar na condição de visitante.

O destaque da Taça de Angola edição 2017 vai para a presença das equipas da Adecofil, do Cuando Cubango, Kafalango FC, do Cunene e FC Ajuda Social, da Lunda Sul, que marcam a sua estreia numa prova de alta competição.
AP

BIÉ E HUAMBO NA LUTA
Segunda Divisão com nove equipas


A pouca adesão de equipas no Campeonato Nacional de Futebol da Segunda Divisão, prova que dá acesso ao Girabola Zap, está cada vez mais preocupante, em função do reduzido número de equipas apresentadas pelas província para a disputa da presente época da aludida competição.

Ao contrário do que aconteceu no ano passado, em que havia 11 equipas, na presente edição foram apenas apuradas três conjuntos para cada uma das séries (A, B e C), o que fixa em nove, o número de grémios para a disputa do Zonal de Apuramento de 2017, e obrigou que as três integrantes da terceira série C fossem incorporadas nos outros grupos, à razão de uma para a série A, e duas para o grupo B. Assim sendo, a séria A que comporta as equipas do Sporting de Cabinda, Domant FC do Bula Atumba e ASK Dragão do Uíge foi reforçada com o conjunto do FC Ajuda Social, proveniente do grupo C.

Enquanto isso, Vitória Sport do Bié e Casa Militar do Cuando Cubango,  outras duas que antes integravam a mesma série (C), juntaram-se a Jackson Garcia, de Benguela, Evale FC, do Cunene, e o Ferrovia do Huambo. Na primeira jornada da série A o Sporting de Cabinda defronta o Domant FC do Bula Atumba, no Estádio do Tafe, e o ASK Dragão recebe no estádio 4 de Janeiro, no Uíge, o FC Ajuda Social, da Lunda Sul.

Na mesma ronda, mas para o grupo B, o Jackson Garcia de Benguela vai medir forças com o Evale do Cunene e o Victória do Bié defronta a Casa Militar do Cuando Cubango, ao passo que o Ferrovia do Huambo observa folga forçada, devido à imparidade do grupo. Assim, o regresso à alta competição por via do Zonal de Apuramento das equipas do Ferrovia do Huambo e do Victória do Bié, constitui o grande motivo de realce, na edição que ontem foi sorteada.
AP