Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kuagica elogia sambilas

Betumeleano Ferro - 28 de Junho, 2014

Segunda volta do campeonato nacional comea esta tarde com derby entre militares e sambilas no estdio 11 de Novembro num dos jogos de maior cartaz da jornada

Fotografia: Mota Ambrsio

A comparação entre o plantel do 1º de Agosto e do Progresso Sambizanga faz o central Kuagica ser cauteloso na hora de vaticinar sobre o dérbi desta tarde, às 17h00, no estádio 11 de Novembro, no Camama, referente à primeira jornada da segunda volta do Campeonato Nacional.

O defesa argumentou que os sambilas estão recheados de bons executantes, capazes de resolver o jogo num laivo de inspiração.

"É uma boa equipa porque tem bons atletas, alguns deles também já  representaram o nosso clube há pouco tempo", assegurou.

Os sambilas vão ao derby sem a estrutura emocional e competitiva do início de época, mas o jovem atleta afirmou que ele e os colegas preferem valorizar mais as coisas boas que a outra equipa é capaz de fazer.

"Nós respeitamos todos os adversários da mesma maneira. O Progresso tem uma equipa com excelente qualidade, vamos tentar dar o máximo para impedir que os bons jogadores do adversário nos criem muitas complicações", garantiu.

Os militares afirmam "conhecer bem" o adversário desde o início do campeonato, mas para diminuir ainda mais a margem de erro o técnico Dragan Jovic programou uma sessão de vídeo na qual os pupilos puderem ver o empate dos sambilas com o Kabuscorp.

"Nós  conhecíamos bem todos os aspectos fortes e fracos do Progresso, mas reforçamos este conhecimento ao estudar o último jogo deles, agora estamos mais bem preparados para os enfrentar", mostrou-se convicto Kuagica.

O central de 23 anos de idade assegurou que o técnico Jovic não ordenou nenhuma marcação especial aos jogadores mais influentes do Progresso Sambizanga, tampouco durante a semana laboral centralizou a sua atenção no mesmo detalhe. "Não houve nada específico nos nossos treinos, trabalhamos como temos feito sempre, sabemos quanto vale o nosso adversário, agora só temos de entrar em campo para fazer o que queremos a fim de ganhar o jogo", afirmou.

A equipa militar apenas quer ganhar, mas também está consciente de que pode empatar ou perder, diz Kuagica. O central mostra-se convicto do que o plantel vai fazer pela vida para impedir que os sambilas voltem a sorrir do derby.

"O nosso grupo de trabalho está bom, não temos intenção de provar nada a ninguém, apenas queremos fazer tudo o que for necessário para ganhar, porque nunca entramos em campo à procura da derrota", concluiu.


CONSTATAÇÃO
Filosofia de Jovic motiva militares


O estilo de jogo do treinador Dragan Jovic é pragmático. Por isso, o plantel do 1º de Agosto  percebeu em pouco tempo como  agir, para amealhar os pontos necessários para com êxito fazer o campeonato de recuperação, de acordo com o defesa central Kuagica.

Para ele, a filosofia de Dragan Jovic devolveu a confiança ao plantel e ajudou o grupo a perceber as vantagens em conservar, por exemplo, a vitória com posse de bola.

"O nosso treinador trouxe uma nova filosofia que está a resultar, porque devolveu-nos a confiança e ajudou-nos a ver a importância de sabermos gerir bem a posse de bola, quando estivermos a ganhar, tem sido uma das nossas armas principais quando em vantagem para  conservar a vitória com posse de bola", sublinhou.

A equipa rubro-negra vive um período de bonança, mas evita baixar a guarda para evitar regressar ao passado de maus resultados, assegurou Kuagica.

O central de 23 anos de idade lembrou que os últimos jogos no Girabola 2014, ajudaram a provar que o 1º de Agosto agora se transformou numa equipa competitiva, capaz de reagir a todo o tipo de adversidade.

"Antes do jogo com o Petro estávamos acostumados a marcar primeiro, mas contra o nosso maior rival tivemos de correr atrás do prejuízo para ganhar, isto, é sinal de que o trabalho do nosso treinador está a dar resultado, o nosso caminho agora é só para frente", enfatizou.

O 1º de Agosto teve um  fraco arranque de campeonato sob comando técnico de Daúto Faquirá, conseguiu com Dragan Jovic encontrar o equilíbrio emocional e fez uma ponta final da primeira volta fantástica. A equipa ocupa o quarto lugar da tabela de classificação com 25 pontos,  defronta hoje às 17h00 no 11 de Novembro, no Camama, o Progresso Sambizanga, para a 16ª jornada da competição (primeira da segunda volta).
BF


CENTRAL MILITAR <