Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Kwazambi define plantel

Joaquim Suami |Cabinda - 25 de Outubro, 2018

O Sporting de Cabinda, apesar de estar a depender da decisão do Conselho de Disciplina da FAF para competir no Girabola Zap, devido ao não pagamento dos salários em atraso e o cumprimento dos contratos para com os jogadores e equipa técnica, garantiu ter o plantel preparado para iniciar o campeonato nacional.
O treinador dos leões, Emena Kwazambi referiu em declarações ao JD, que não obstante terem perdido 90 por cento dos seus principais jogadores para outras agremiações, conseguiram formar um grupo composto maioritariamente por jogadores que militaram no campeonato provincial.“Estamos focalizados em trabalhos específicos, porque muitos jogadores que vão representar o Sporting de Cabinda actuaram em equipas locais, por isso, é preciso um trabalho árduo para prepará-los da melhor maneira possível”, admitiu confiante no actual plantel.
“Como sabem, perdemos a maior parte dos nossos atletas, mas  e formamos um novo grupo que estão a corresponder positivamente”, disse, sublinhando que, para a presente época, o Sporting de Cabinda vai contar com um plantel de 26 jogadores, com destaque para os reforços provenientes de várias formações do Girabola/Zap.
“Estamos a constituir um grupo coeso e dinâmico com objectivo de defrontarmos às outras agremiações sem preconceitos. Reconhecemos que este ano não será fácil para o Sporting de Cabinda, mas depositamos confiança nestes jogadores. O actual plantel de 26 jogadores que temos neste momento será reforçada na IIª volta com mais atletas para termos um total de 30 atletas”, frisou.  Emena Kwazambi destacou os médios Mariano (ex-Libolo), Richie (ex-Domant FC), Gaka (ex-Progresso do Sambizanga), o ponta de lança Fundo (ex-ASA), Os defesas centrais Edson (ex-Domant FC) e Zé (ex-1º de Maio de Benguela).