Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Laborinho garante mobilizar apoios

31 de Outubro, 2017

O governante disse ser imperiosa a presença do clube, no Girabola Zap 2018,

Fotografia: Jornal dos Desportos

O governador da província de Cabinda, Eugénio Laborinho, garantiu mobilizar recursos para que o Sporting Clube Petróleos de Cabinda não tenha muitas dificuldades no Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, Girabola Zap, do próximo ano, época que marca o regresso à elite do desporto -rei no país. 
A garantia foi dada durante um encontro, que o governante nomeado recentemente pelo Presidente da República, João Lourenço, teve com a direcção do clube, na sede da agremiação desportiva.
O governante disse ser imperiosa a presença do clube, no Girabola Zap 2018, apelou à contribuição de todos os cabindenses no sentido de apoiar o único representante da província, na maior prova de futebol nacional.
O Sporting de Cabinda terminou na segunda posição do grupo A, do Zonal de Apuramento, conquistado pelo Domant FC de Bula Atumba, do Bengo, por isso, na qualidade de segundo colocado disputou a liguilha com o Jackson Garcia de Benguela, que competiu na série B, jogo que os leões do Norte venceram o primeiro jogo, por 5-1, e empataram, por 2-2, na segunda mão. 
O Sporting teve solidariedade e apoio dos adeptos do clube e de outros agremiações desportiva,  para conseguir  o apuramento ao Girabola Zap 2018.
Domant FC de Bula Atumba (Bengo), Clube Desportivo Casa Militar do Cuando Cubango e Sporting Clube Petróleos de Cabinda são as três formações, que ascenderam ao Girabola Zap do próximo ano.
As três formações vão substituir, o Santa Rita de Cássia FC do Uíge (já despromovido) e mais duas equipas a sair do quarteto Progresso da Lunda - Sul, JGM do Huambo, Académica do Lobito e Atlético Sport Aviação (ASA).