Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Lder pode dilatar vantagem

Pedro Augusto - 21 de Abril, 2018

Contudo, o Sagrada tem de ser forte e cauteloso, pois, pode ver o leo \

Fotografia: JOS COLA | Edies Novembro

O Interclube tem hoje à tarde mais uma soberana oportunidade para reforçar a sua condição de líder do Girabola Zap 2018, no Estádio 22 de Junho, quando defrontar o JGM do Huambo a contar para a 11ª jornada da competição. A diferença entre os plantéis, as condições de trabalho, organizativa, pontual (22/3) e a qualidade do futebol que apresentam tornam os polícias favoritos neste duelo. 
Os importantes triunfos sobre o Kabuscorp do Palanca (2-0) e Sporting de Cabinda (3-1) são motivadores para os polícias conquistarem três pontos, desta feita, diante um adversário que colecciona seis derrotas e três empates (tem menos um jogo). Aliás, a equipa do Huambo há uma jornada que tem no comando um novo treinador, José Luís Borges, que rendeu Águas da Silva, demitido por maus resultados.
O JGM, apesar da situação em que se encontra na tabela, nem por isso está a jogar mal. A provar isso, é o bom jogo que realizou com o Desportivo da Huíla, na última jornada do campeonato, empate a um golo, na estreia de Luís Borges e que deixou um sinal positivo de que as coisas podem melhorar nos próximos dias.
Ainda assim, não cremos que esse dia seja hoje e diante do Interclube. Ou seja, os dados da campanha na prova são favoráveis aos polícias, e acabam por serem motivadores para os rapazes de Paulo Torres que têm igualmente o avançado Pedro como o melhor artilheiro da competição com sete golos, por isso, também com chances de aumentar a sua safra ante uma equipa muito permeável na defesa.
O Progresso do Sambizanga no último jogo foi incapaz de segurar a vantagem de duas bolas (2-0) no duelo com o FC Bravos do Maquis, no Luena, acabou derrotado por 3-2, deve pôr  à prova a excelente campanha da Académica do Lobito de Rui Garcia. 
Os estudantes não precisam de provar nada no campeonato. As boas notas alcançadas até agora, inclusive com gigantes da competição, casos do 1º de Agosto (vitória) e Petro de Luanda (empate) reflectem a segunda posição que ocupam na tabela de classificação, 17 pontos contra 13 do sambilas no sétimo posto. O jogo acontece às 16h00 no Estádio dos Coqueiros. 
A esperança do Sagrada em conquistar três pontos na missão caseira, depois do desaire extramuros com o Kabuscorp, pode ser um facto hoje à tarde na recepção ao Sporting de Cabinda. Aliás, para quem ambiciona superar os feitos da época passada, não pode facilitar, principalmente, com equipas da dimensão dos leões do Norte.
Contudo, o Sagrada tem de ser forte e cauteloso, pois, pode ver o leão \"engolir\" as pedras preciosas em pleno Dundo.

FAVORITO
A intranquilidade que se vive nas hostes do Petro de Luanda, resultante dos constantes empates no campeonato, pode ter um fim hoje à tarde no Mártires da Kanhala. A visita ao intermitente Recreativo da Caála é um bom motivo para os tricolores regressarem às vitórias.
Ainda assim, a tarefa pode não ser fácil, a equipa às ordens de David Dias quer diante dos seus adeptos apagar a má imagem deixada no domingo em Benguela, onde foi goleada (4-1) pelo 1º de Maio.
A jornada prossegue amanhã com os jogos Domant FC - 1º de Agosto (Dande), Cuando Cubango FC - Kabuscorp (Menongue) e 1º de Maio - Maquis (Benguela).

MANO CALESSO * INTERCLUBE
“Níveis de confiança estão altos”

O médio ofensivo do Interclube, Mano Calesso,  garante que os seus colegas estão moralizados para fazer um bom resultado no jogo de hoje às 16h00 no Estádio 22 de Junho com o JGM do Huambo, a contar para a 11ª jornada  do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão. 
\"O moral da equipa está  em alta. Estamos a trabalhar bem, sem qualquer pressão, sabemos que é um jogo difícil e por isso, vamos lutar por um bom resultado em casa, depois de uma  vitória na jornada anterior diante de um adversário forte (Sporting de Cabinda) em sua casa. Penso, que os nossos níveis de confiança estão altos, e isso, é um factor importante para acreditarmos em vencer o jogo com o JGM\", salientou o médio dos polícias.
Mano Calesso disse estar convicto, de que a equipa do Huambo que  vem de um empate com o Desportivo da Huíla, possa surpreender o Interclube, tal como fez o FC Bravos Maquis, por isso, todo o cuidado é pouco.
\"O empate na jornada anterior pode servir de motivação aos jogadores do JGM. Por esse facto, acredito que vão lutar do princípio ao fim com muita determinação para nos surpreender\", disse.
Para o médio dos polícias, o facto da equipa do JGM  ainda não ter vencido no presente Girabola, não facilita a vida ao líder do campeonato.
\"A julgar pelo que a equipa do JGM está a fazer, temos a certeza que vai ser um jogo intenso. Estamos confiantes, mas temos de ter muita cautela para não sermos surpreendidos pelo nosso adversário. O JGM  é uma equipa que ainda não venceu neste campeonato,  que trocou de treinador  e por isso, acreditamos que vai fazer pela  vida na conquista dos três pontos. O Interclube é uma equipa grande, que joga bom futebol, e que está a fazer o seu campeonato, por isso, não temos receio nenhum\", referiu.
Ontem, no último treino antes do embate  com o JGM, o treinador Paulo Torres insistiu muito no ataque combinado e com remates à longa distância.
Os jogadores querem mostrar que a equipa  continua a atravessar um bom momento desportivo,  por isso, querem mostrar hoje no seu Estádio, que não é obra do acaso.
Paulo Torres pode alinhar o seguinte \"onze\": Landu - Chonene,  Fabrício, Baca, Tó Carneiro - Ito, Dany, Paty, Karanga, Mano Calesso - Pedro.          
VK