Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Lees com boa chance de devorar para permanncia

Augusto Panzo - 23 de Março, 2019

Cabindas vo lutar pela primeira vitria na segunda volta do campeonato

Fotografia: ARO MARTINS | Edies Novembro

O Sporting de Cabinda e o Saurimo FC estão a fazer pela vida para fugir da zona aflictiva em que se encontram, ambas equipas estão ansiosas por garantir os pontos necessários para a permanência no campeonato. Os leões aparentam estar melhor do que os lundas, assim há motivos para acreditar que esta tarde, a partir das 15h30, no Tafe, o Sporting consiga aproveitar o ligeiro ascendente que tem para em casa somar e seguir contra um concorrente directo, no jogo a contar para a 20ª jornada.

A época leonina está a ser marcada por muitos altos e baixos, os maus resultados baixaram em demasia os níveis de confiança da equipa e as consequências estão à vista de todos, o Sporting agora tem de fazer um campeonato de recuperação. É importante que os leões consigam despedaçar os lundas, que estão a atravessar uma fase dificílima no campeonato, fica claro que este é dos jogos em que os leões estão proibidos de falhar.

O Sporting de Cabinda quando está em dia sim é um adversário indesejável no Tafe, esta é uma velha tradição que a equipa do enclave costuma fazer questão de manter de pé. Se for ao encontro do seu doce passado, os leões até podem enfrentar muitas dificuldades, porém, vão sorrir no final com uma vitória moralizadora demais, pois o seu oponente também está envolvido no campeonato da despromoção.

A sorte do Saurimo FC no campeonato parece já definida, a cada ronda os lundas aparentam estar apenas interessados em cumprir calendário e nada mais, anunciar desistência está fora de questão, é verdade, mas também reagir que é bom ninguém vê, pelo menos até agora. Só o Saurimo FC tem capacidade de provar que pode contrariar todos os prognósticos desfavoráveis, realmente vai ser uma surpresa se vencer extramuros, mas se acontecer, é capaz de ser mudar alguma coisa no seio dos lundas.

Se em situação normal, sem os problemas internos que estão por detrás da má classificação, a visita ao Tafe já seria difícil, o cenário actual oferece muitas poucas esperanças para os lundas, realmente a cada jornada a equipa pouco ou nada faz para inverter ao quadro actual, como que para provar que mais não pode fazer para mudar o rumo dos acontecimentos.

O Sporting de Cabinda também tem passado por momentos menos bons, isso significa alguma coisa importante, que os leões não vão adormecer na sombra das dificuldades alheias, tampouco vão ao Tafe com atitude altiva achando que tudo não passa de uma questão de tempo. Se quiser os 3 pontos, os leões vão ter de pagar o preço certo, têm de aceitar fazer a sua parte para garantir a vitória, o jogo vai começar empatado a zero, mas o placar final também vai depender muito das coisas boas que os donos de casa vão fazer durante os 90 minutos.

A vida não está fácil para o Saurimo FC, pedir mais empenho a um plantel repleto de motivos de queixa parece não ser a coisa mais desejável, ainda assim, é fácil concluir que os lundas estão cansados de ser o bombo da festa alheia, por isso, podem aproveitar o facto de defrontarem um adversário quase equivalente para tentar fazer uma gracinha.