Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Libolo e Cala acertam jornada

Betumelano Ferr?o - 28 de Maio, 2017

Vitria em casa pode provocar alterao na classificao

Fotografia: Joo Gomes

Mais do que acertar o agendado na décima jornada do Girabola ZAP, o jogo entre os recreativos da Caála e do Libolo pode definir, se os libolenses terminam a primeira volta na sexta posição. O tetracampeão sabe da importância, de pelo menos empatar esta tarde a partir das 15h00 no Estádio Mártires da Kanhala, para matar a esperança do concorrente directo.

Os recreativos entram em campo, interessados em aproveitar a derradeira chance  no primeiro turno, para alcançarem a classificação ideal. As duas equipas estão sob a obrigação de jogar pelos pontos, nenhuma  deve relaxar um minuto sequer, pois o que acontecer esta tarde pode vir a ser determinante para o que o Libolo pretende em termos de luta pelo título.

A época está a decorrer com os mesmos sobressaltos, para o Caála e para o Libolo, a diferença de dois pontos está a pender para os libolenses, 25 - 23, e parece traduzir o nível das duas equipas. A equivalência é real, por isso, há motivo para esperar que as equipas se entreguem  durante os 90 minutos, para lutar de maneira renhida pelos pontos e proporcionarem um espectáculo aceitável.

O factor casa deixou de ser determinante esta temporada, para Caála e para o Libolo, ainda bem que assim é, porque no final ninguém recorre às desculpas do costume. Há mais um dado relevante, as duas equipas estão acostumadas ao ar rarefeito  do clima, que não é um aliado para ninguém, quem quiser pontuar vai ter de suar às estopinhas.

A estranha derrota do Clube Recreativo da Caála (CRC) no dérbi com o JGM, ainda está indigesta  aos adeptos e não só, mas o clima de "suspeição" em torno do CRC pode desaparecer se for capaz de derrotar, ainda que pela por margem mínima, o Recreativo do Libolo.

O Libolo tenta sentar-se em dois cavalos, ao mesmo tempo, Girabola Zap e Taça da Confederação, a equipa esforça-se em provar que é capaz de ser competitiva nas duas competições, um bom resultado fora de portas pode ser determinante para os libolenses estarem focados no duplo objectivo.
BF

FUTEBOL DE PRAIA

Gira Tigra agita Ilha de Luanda

Trinta e duas equipas da capital, envolvendo 320  jogadores, vão disputar um torneio de futebol de praia na ilha de Luanda, de 10 de Junho a 10 de Julho, denominado Gira Tigra. Segundo uma nota de imprensa enviada à Angop, o evento, a ser organizado pela empresa de bebidas Refriango, visa dinamizar a modalidade no seio da juventude e expandir  a sua marca a nível de Luanda.

As formações provenientes de vários pontos da cidade de Luanda estarão divididas em quatro grupos de oito equipas cada, sendo que  os dois primeiros classificados de cada grupo ficarão apurados para os oitavos de final, e a partir daí jogarão em jornada eliminatórias até a final da competição.

O  local onde se jogará o campeonato vai começar a ser montado na entrada da Ilha de Luanda e estará preparada para acolher jogos, tanto de dia, como de noite, terá quatro bancadas com capacidade para 5 mil espectadores, camarotes e uma área reservada para a imprensa.As regras serão as internacionalmente adoptadas, sendo o tempo de jogo de  três períodos de 12 minutos cada, evento que vai ser apresentado à Comunicação Social na primeira semana de Junho.

As três primeiras equipas na classificação geral serão medalhadas e o vencedor terá também a respectiva taça. Já os quatro finalistas receberão prémios monetários, assim como o melhor marcador, o melhor jogador e a equipa fair-play.