Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Libolo obrigado a vencer

Paulo Caculo - 10 de Outubro, 2016

Libolenses e caalenses protagonizam hoje o jogo de fecho da jornada vinte e seis

Fotografia: Dombele Bernardo

O Recreativo do Libolo pode voltar a reduzir esta tarde, a partir das 15H00, para apenas três pontos a desvantagem em relação ao líder do Girabola Zap, o 1º de Agosto, quando defrontar o Recreativo da Caála, no estádio de Calulo, no desafio de encerramento da vigésima sexta jornada do Campeonato Nacional.

Pressionados pela vitória alcançada pelos militares no sábado, diante do 1º de Maio, os campeões em título são obrigados a vencerem, para manter acesa as esperanças na reconquista do título.

Mas, para tal, o conjunto às ordens de João Paulo Costa tem de justificar em campo possuir argumentos suficientes para anular uma formação caalense, que precisa igualmente de pontos "como do pão para a boca" na luta pela consolidação das posições de manutenção.

Embalado pelos resultados positivos alcançado nas jornadas anteriores, a formação de Calulo parte também como grande favorito, sobretudo a julgar pela disparidade pontual que o separa do seu adversário.

Separados na tabela de classificação pela diferença abismal de 21 pontos, libolenses (51) e caalenses (30) protagonizam um duelo cuja maior avalanche ofensiva deve pender para os "donos da casa".

A ver vamos, como o Libolo voltará a reagir à pressão de vencer o jogo de hoje, de forma a seguir a passada triunfante do seu crónico rival na disputa pela liderança do campeonato, sabendo que um eventual deslize pode proporcionar ao 1º de Agosto o alargamento da distância pontual que separa ambos os contendores na tabela de classificação.

Prognósticos à parte, o facto é que perspectiva-se um jogo interessante, por duas grandes razões: se, por um lado, a equipa de Calulo enfrenta a necessidade imperiosa de vencer para não perder de vista a discussão pelo título, por outro, o conjunto do Huambo é forçado a pontuar (nem que seja com empate), para acalentar as esperanças na "sobrevivência" no campeonato.

A equipa do planalto central vem de um empate (0-0), frente ao Progresso Sambizanga, na jornada anterior, enquanto o anfitrião obteve uma vitória sofrida (1-0), em Saurimo, frente ao Progresso da Lunda Sul.

Na primeira volta, no Huambo, os dois conjuntos não foram além de uma igualdade sem golos, na altura, em jogo válido para a 11ª jornada do Girabola Zap.