Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Libolo pretende recomear vitorioso

Betumeleano Ferro - 09 de Julho, 2016

Campeo favorito na recepo ao 1 de Maio de Benguela

Fotografia: Jos Soares

Com o reinício do campeonato, começa hoje a segunda volta do Girabola Zap, e logo mais à tarde, às15h00, o Recreativo do Libolo pode exercer alguma pressão sobre o 1º de Agosto, que esta noite no 11 de Novembro, tem um teste difícil no jogo com o Benfica de Luanda.

Um triunfo caseiro sobre o 1º de Maio de Benguela, coloca à condição os libolenses, a escassos dois pontos do 1º de Agosto. A vitória do campeão é uma séria ameaça, capaz de forçar os militares a vencer também, para estarem confortáveis na liderança.

A sorte grande parece ter saído ao Libolo, todos os itens usados para medir o favoritismo, pendem de maneira clara para o tetracampeão. A lógica do futebol é marcar um golo a mais, para derrotar o adversário, um desiderato que o campeão pode atingir contra um oponente acessível.

A ditadura do proletariado, tem pouca chance de tornar-se realidade em Calulo, ainda mais,  porque o 1º de Maio está com um novo treinador, a longa paragem do campeonato deu tempo a Hélder Teixeira de colocar a impressão digital na equipa, entretanto, sem competição o técnico tem poucas garantias em que se agarrar para ver se o plantel está preparado para encetar a fuga da despromoção.

O Libolo entra em campo obrigado a vencer, para evitar um mau começo de segunda volta. O campeão tem de assumir as despesas do jogo e facturar os três pontos.

O 1º de Maio não pode ter vergonha de jogar para o empate, talvez seja o objectivo por que luta, por isso, deve adoptar  atitude de espera, se tiver uma tal pontinha de sorte, de que tanto se fala, e não está proibido de pensar alto. O Libolo é a equipa que mais investiu para a segunda volta do campeonato, além dos reforços contratados, o mais sonante deles, é o regressado médio Nandinho, o campeão nacional aproveitou a longa paragem para estagiar em Portugal, um indício que reafirma  ambição de revalidar o título nacional.

Do lado oposto, está o 1º de Maio, os proletários têm de fazer pela vida para fugir dos lugares da despromoção em que se encontram. O Libolo é um adversário indesejável para as ambições do Maio, a luta pelos pontos pode ser renhida, mas é ponto assente de que se os proletários quiserem permanecer na primeira divisão, têm de procurar no mínimo, empatar contra adversários fortes, como o Libolo.


TÉCNICO DE GUARDA-REDES
Fernando Pereira
reforça Libolo


A equipa técnica do Recreativo do Libolo foi reforçada, há cerca de duas semanas, com um treinador de guarda-redes. Trata-se de Fernando Pereira, que se encontrava a trabalhar em Portugal, depois de ter feito parte dos quadros do Clube Recreativo da Caála até 2014, informa o site oficial do tetra - campeão nacional.

Os responsáveis do clube tetra - campeão nacional de futebol da primeira divisão, realçam o facto de Fernando Pereira ter "larga folha de serviços" em treinos desportivos. 

"O técnico que em Angola, já passou pelo Recreativo da Caála, tem uma larga folha de serviços, trabalhou em vários clubes portugueses. O treino específico é desde algum tempo, importantíssimo no futebol. Base científica, movimentos próprios, ritmos próprios, etc. são hoje, determinantes para o desempenho dos guarda-redes. Estamos certos que Fernando Pereira pode dar o contributo para melhorar a performance dos nossos keepers", realça o site.

O campeão Libolo durante a semana realizou uma preparação sem sobressaltos, está apto para defrontar hoje, às 15h00, no Estádio de Calulo, o 1º de Maio de Benguela, na abertura da 16ª jornada do Girabola Zap.

A vitória diante do Atlético Sport Aviação (ASA), em Luanda, referente aos oitavos-de-final da Taça de Angola, é o antídoto para os libolenses suplantarem os proletários. Aliás, o Libolo é favorito à conquista dos três pontos.

A diferença pontual e classificativa entre os contendores, vantagem do Libolo (2º/30 contra 14º/15 do 1º de Maio), assim como do potencial entre os dois plantéis, explica o favoritismo do campeão. 

O Libolo contratou Nandinho (ex - Interclube) não conta na segunda volta do Girabola Zap, com os préstimos dos influentes, Edy Boyom, Fredy e Brito que assinaram contratos com clubes europeus.