Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Libolo procura ascenso

Pedro Augusto - 26 de Abril, 2017

Libolenses e polcias procuram desempate no dcimo jogo em Calulo

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Recreativo do Libolo e o Interclube jogam hoje, às 15h00, no Estádio de Calulo, para acerto da quinta jornada do Girabola Zap 2017. O jogo promete, a julgar pelas ambições das duas equipas e do estado anímico de ambas, face aos últimos resultados na competição.

Os libolenses empataram no clássico a contar para a 11ª jornada, diante do 1º de Agosto, por 2-2, resultado que atrapalhou as contas da equipa de Calulo, caso vencessem e com três jogos em atraso, a contar  como o de hoje, tinha excelentes condições de lutar para ser o líder do campeonato.
  Ainda assim, a luta pelos três pontos vai ser a tónica do Libolo, a fim de reduzir para cinco pontos a vantagem para o líder Sagrada Esperança. 

Com isso, não desperdiçar mais pontos afigura-se como importante para as aspirações do grupo às ordens de Vaz Pinto, isso também, para não deixar o Interclube ultrapassá-los na tabela de classificação, em que ocupa a quinta posição com 17 pontos, mais um que os polícias em sexto lugar.

Vaz Pinto e pupilos sabem quão importante é o jogo desta tarde com o Interclube. Os polícias costumam ser um \"osso duro\" para os libolenses, no terreno destes. As noves vezes que se defrontaram no Estádio do Calulo, em jogos para o Girabola, registaram igualdade em termos de vitória, empates e derrotas. Ou seja, ambas venceram três vezes e empataram em igual números de partidas. Isso demonstra, que o tetracampeão não pode adormecer sob pena de ser \"varrido\" pelos polícias em casa.

Aliás, os polícias estão determinados em sair de Calulo com os três pontos. O treinador Paulo Torres, embora \"chore\" pela ausência do seu \"menino golo\", o avançado Moco que se encontra lesionado, está satisfeito com a qualidade futebolística apresentada pela equipa nos jogos do campeonato.
A última vez que Libolo e Interclube jogaram no Estádio de Calulo, com João Paulo Costa e Zdravko Logarusic no comando técnico, foi a 24 de Julho de 2016, para a 18ª jornada do Girabola Zap, em que os libolenses venceram por 2-1, golos de Jaime e Erivaldo, ao passo que Dasfaa marcou pelos polícias.

Hoje, a história pode ser outra. Com novos intervenientes nos bancos de suplentes - Vaz Pinto (Libolo) e Paulo Torres (Interclube) - os dois treinadores procuram chamar a supremacia no clássico que promete encher o Estádio de Calulo. 


INTERCLUBE 
Polícias buscam primeira vitória fora


O Interclube defronta hoje às 15h00, no Estádio de Calulo, o Recreativo do Libolo, jogo de atraso a contar para a 5ª jornada  do Girabola Zap 2017, imbuídos de muita determinação e vontade de dar continuidade às vitórias na competição. O Técnico Paulo Torres garantiu que a equipa  está tranquila, e pronta para defrontar o tetracampeão nacional,  candidato ao título.

\" Jogar com o Libolo é sempre um privilegio, pois é um candidato assumido ao título,  e nós, obviamente, para aquilo que queremos no presente e no  futuro, temos de desfrutar destes jogos para aproveitar crescer, melhorar, e claro, ganhar\", disse.  Questionado se foi obrigado a fazer um trabalho especial,  em função do adversário, Paulo Torres  foi categórico:

\"Não é por estar a jogar com esta equipa, que vamos deixar de fazer aquilo que já temos feito até ao momento, que é jogar, olho no olho, com qualquer adversário. Este jogo vai ser mais um,  uma equipa que não tem tido a sorte que eu acho importante\", referiu.

Embora seja um jogo com certo grau de  exigência, o técnico dos polícias não considera uma tarefa difícil, pois a equipa joga a \"um nível alto\".

\"Para mim, não há jogos difíceis. O jogo  com  o Libolo devia ser jogado há um mês, e só vamos ter oportunidade de jogar agora.  Para mim, aquilo que eu considero é o trabalho que está a ser feito deste o início da época,  aquilo que era impossível,  ver o Interclube  jogar  como está a jogar bom futebol,  e que não perde há sete jogos, é  uma das equipas com menos golos sofridos\", referiu. 

Ontem,  no último treino,  realizado no Estádio 22 de Junho, Paulo Torres prestou grande atenção ao sector atacante, o que mostra que os polícias vão entrar a atacar, tal como aconteceu no jogo com o Recreativo da Caála.

Paulo Torres deve iniciar o jogo com o seguinte \"onze\": Neblu - Filipe, Fabrício, Baca e Tó Carneiro ou Chonene - Pirolito, Paty, Baby, Mano Calesso e Dasfaa - Chico.
VALÓDIA KAMBATA