Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Liderana em jogo

Antnio Flix - 31 de Julho, 2016

1 de Agosto-Acadmica do Lobito e ASA-Recreativo do Libolo so as partidas mais importantes marcadas para esta tarde

Fotografia: Santos Pedro

Nos estádios 11 de Novembro a partir das 18h00 para o 1º de Agosto-Académica do Lobito, e nos  Coqueiros, antes, às 15h30 para o ASA- Recreativo do Libolo é aonde e onde hoje convergirão as maiores antenções dos porque são prélios que defenirão quem vai estar na liderança do campeonato após o enceramento dos jogos  19ª jornada do Girabola Zap que inscreve ainda o Progresso do Sambizanga-4 de Abril do Cuando Cubango e 1º de Maio de Benguela-Desportivo da Hula.

O 1º de Agosto pressionado como está pelo Recreativo do Libolo tem ampla necessidade de vencer o jogo para poder continuar a comandar o campeonato onde até há jornadas atrás  estava com uma larga vantagem de pontos, que já não é a mesma, porque o campeão está-lhe aí agora às costas, com apenas um de diferença, como se pode ver na classificação.

É por isso que a jogar ainda por cima em casa, com a ovação do seu público que irá empeso ao 11 de Novembro, tudo terá de fazer para vencer o desafio.

É que mesmo um empate também é risco. Porque o Libolo pode ganhar ao ASA e passar à frente.

A Académica do Lobito que claramente é a equipa mais fraca deste campeonato. Está na última posição, de modo que o 1º de Agosto deve aprovaitar.

Parece que esta pressão tocou a equipa militar já que o técnico-adjunto Filipe Nzanza revelou na sexta-feira que houve treino a doer para culminar com a vitória em campo hoje. Acha que, pela fraca campanha que a equipa do Lobito está a realizar, só mesmo por azar o 1º de Agosto não virá  somar três pontos.

 CAMPEÃO

O Libolo veio a Luanda determinado  a ganhar para regressar já à sua terra com a liderança a seu cargo. Deste modo pode-se alvitrar um jogo renhido diante do ASA, esta equipa que, apesar de estar a viver alguma crise financeira, vai fazer tudo para contrariar o campeão nacional.

Há  a necissidade de as duas equipas pontuatrem para redifinirem as suas posições ( o ASA estyá numa zona de risco). Nos dias de treino que pasasaram ambas estiveram a ensaiar estratégias, estiveram a corrigir as falhas nos seus ataques, linhas médias e defesas para que hoje tudo funcione em pleno. Mas parece que em campo,  mais pressionado pela ansiedade,  entrará o Libolo,pois, fará o seu jogo sem ainda o conhecimento do resultado do 1º de Agosto.

NO apriveirar é que está o ganho e, por causa disto, costuma-se dizer que o Liboloa quando marca primeiro a sua defesa torna-se muralha. Parece-se ao betão. E é isso que vai procurar logo fazer. Estão assim reunidos os condimentos para esse ‘’prato forte’’ entre o campeão Libolo e o "titubeante" ASA

OUTROS JOGOS
Depois de uma semana passada de intenso trabalho o Progresso do Sambizanga defronta hoje o quase "tomba gigantes" 4 de Abril, num jogo, na Cidadela, em que, apesar do favoristismo que lhe é atribuido à  equipa sambila...deve esperar por boa replica dos visitantes. O mesmo se pode dizer para o 1º de Maio de Benguela que são, digamos, adversáruios do mesmo quilate. As estatísticas, os números, falam por si. É o que, e resto, demosntram as pocições que ocupam na classificação.


RUBRO-NEGROS
1º de Agosto na luta para afastar empates


Afastar o fantasma dos empates é o grande objectivo da equipa do 1º de Agosto no desafio de hoje, às 18H00, no Estádio 11 de Novembro, diante da Académica do Lobito, para regressar, assim, às vitórias.

O técnico -adjunto, Filipe Nzanza manifestou na última sexta-feira, em conferência de imprensa, no ex-RI20, o forte desejo da equipa voltar a trilhar o caminho dos triunfos.

"É mais um jogo onde nós temos a obrigação de ganhar, depois dos dois empates que tivemos, embora sabemos que não será fácil, porque vamos defrontar uma equipa que está a fugir da zona de despromoção, mas se quisermos mudar o quadro actual, temos de ganhar e regressar às vitórias", disse.

De acordo com o antigo médio militar a conversa com os jogadores tem feito parte da preparação para os jogos e este não fugiu à regra.

"Nós estamos sempre a situação com os jogadores, estamos a fazer palestras para mudar a cabeça dos jogadores. Neste momento o ambiente está bom e vamos tudo para mudar a situação actual com um triunfo", revelou.

Esclareceu ainda que as equipas normalmente as equipas que lutam para manutenção criam grandes dificuldades, como qualquer outro adversário, mas devem manter em alta a concentração para evitar surpresas.

"Penso que as dificuldades que existem em todos os jogos, principalmente com estas equipas que lutam para não descer de divisão e se quisermos ser campeões temos que mostrar o nosso futebol e mostrar que somos superiores dentro do campo. Temos um objectivo diferente aos destas equipas e temos apenas que dar o nosso melhor e ganhar o jogo", lembrou.

O facto dos militares jogarem antes do segundo classificado, Recreativo do Libolo não afecta o desempenho da equipa, de acordo Filipe Nzanza, que minimizou essa situação.

"Para nós tanto faz, nós temos é que fazer o nosso trabalho, porque a programação está assim. Na primeira volta o Libolo jogava primeiro do que nós e agora somos nós quem joga primeiro, então não temos nada contra, temos é de fazer bem o nosso trabalho e somar os três pontos" minimizou.
                                          JORGE NETO


AGOSTINOS

Lado esquerdo com uma baixa

O departamento médico do clube tem apenas um caso, o lateral esquerdo Fissy está a contas com uma lesão e falha a recepção aos estudantes do Lobito.

"O Fissy está lesionado, está a fazer tratamento, pode haver algumas mudanças na equipa, porque o grupo está bom e motivado para este desafio", a confirmação foi feita pelo técnico-adjunto.Fissy desfalcou a equipa nos últimos dois jogos, pelo mesmo motivo, ficando o lugar a cargo de Paizo, com quem costuma dividir a titularidade.

A garantia de Filipe Nzanza nas alterações que a equipa vai ter hoje está ligada com o regresso a titularidade do médio-ofensivo, Ary Papel, depois de entrar no segundo tempo, no empate da jornada anterior, diante do 4 de Abril.

O onze provavél do técnico principal, o bósnio Dragan Jovic é o seguinte: Dominique; Isaac, Dani Massunguna, Diakité, Paizo; Buá, Jumisse, Ibukun; Ary Papel, Geraldo e Gelson.                                        JORGE NETO



PROGRESSO
Albano César está confiante
numa vitória sobre 4 de Abril


O treinador do Progresso Sambizanga, Albano César , mostrou-se confiante na conquista de três pontos no jogo hoje, diante de 4 de Abril do Cuando Cubango, a partir das 15h00 no Estádio da Cidadela Desportiva, em partida da 19ª jornada do Girabola Zap.

Albano César justificou o facto de a equipa estar a ganhar confiança, a julgar pelos últimos resultados, embora reconheça a postura de adversário que têm vindo a surpreender.

"A equipa está a ganhar confiança e esperamos que esteja coesa, atendo a mais um jogo bastante difícil com uma esquipa muito aguerrida, que corre muito e defende-se bem dentro das quatro linhas. É necessário que tenhamos atenção necessária, alguns factores dependem fundamentalmente de nós ", frisou.O treinador dos sambilas disse que os seus jogadores têm que estar devidamente preparados de forma a criarem um certo equilíbrio e maior preponderância defensiva  que nos possa surtir maior efeito na conquista de vitoria.

"A equipa trabalhou bem ao longo da semana que antecedeu o jogo com bola, sem bola e nas transições rápidas, sejam defensivas ou ofensivas" , disse o técnico, revelando que deseja ver em campo uma equipa ofensiva e inteligente para conquista dos três pontos.Albano César salientou ainda que a equipa está bem preparada fisicamente.
AVELINO UMBA



JOGADORES
Plantel Sambila
sem Nyame e Jonatta


O guarda-redes Nyame e o lateral esquerdo Jonatta ainda não fazem parte dos convocados para o jogo desta tarde diante do 4 de Abril. Nyame esteve na sua terra (Camarões) em tratamento, devido a uma lesão no ombro direito contraída no jogo com o Benfica de Luanda, saldado num empate a zero.

Para Albano César, "Nyame é um jogador que esteve bem na primeira volta, mas no último jogo diante do Benfica de Luanda  lesionou-se e está apenas a quatro dias de regresso ao trabalho no qual vai fazer o seu reenquadramento dentro das suas melhorias e as suas performances físicas" explicou.

Relativamente ao Jonatta, que chegou terça-feira dos Camarões de onde foi contratado para reforçar os "sambilas" o técnico revelou que o lateral direito ainda não está enquadrado na estrutura do grupo, pois, está a ser dado um tempo para poder resolver algumas situações pessoais, assim trabalhar para poder perceber algumas  situações de carácter táctico.

"Espera-se do enquadramento do jogador o mais rápido possível, pois nesta altura há algumas situações que tem que perceber bem para não cometer erros. Acho que a forma como o grupo tem vindo a desenvolver, o seu enquadramento será mais rápido. Acreditamos que na próxima jornada poderá estar em condições para fazer parte dos convocados a julgar pela capacidade do jogador" concluiu.                
AU