Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Maquis atarefado com drbi

Daniel Melgas, no Luena - 08 de Abril, 2015

FC Bravos do Maquis prepara h trs dias

Fotografia: Jornal dos Desportos

Já com a reintegração do técnico Vítor Manuel, o FC Bravos do Maquis prepara há três dias, no campo do Complexo Desportivo do clube, a preparação para deslocação  a Saurimo para defrontar no final de semana o Progresso da Lunda Sul, em  jogo referente a oitava jornada do Girabola 2015. Vítor Manuel esteve impedido de treinar durante a semana, devido a um surto palúdico, tendo o  adjunto Jorge Prisca assumido o comando dos trabalhos e do jogo da sétima ronda, diante do Clube Desportivo da Huíla (2-1), porém, com a presença de Vítor Manuel no “banco” na condição de apreciador.

O desafio inédito entre FC Bravos do  Maquis e Progresso da Lunda Sul vai entrar na história dos dérbi da região Leste, onde também se encontra o Sagrada Esperança da Lunda Norte.O Progresso da Lunda Sul já não é “desconhecido” na competição em que este ano faz a sua estreia. A posição que ocupa na tabela de classificação (quarto, dez pontos) e os resultados obtidos perante equipas como Atlético Sport Aviação (ASA), em que venceu na última ronda por 3-2, precedido de um empate com o líder Interclube (1-1) na antepenúltima jornada.

É com este espírito que a equipa do Moxico (sexto com dez pontos), depois do salto quantitativo que deu, saindo da oitava posição, prepara o encontro frente aos “irmãos lundas” no duelo a decorrer no estádio das Mangueiras, um palco conhecido pelos  maquisardes,
Em 2013, devido as obras de restauro que o Maquis realizou no seu Estádio, o Mundunduleno, efectuou o primeiro terço do Girabola, no Estádio das Mangueiras, em Saurimo (Lunda Sul), como  casa emprestada, onde conseguiu sempre lotar o estádio, numa provincia com gente movida pelo futebol.No plantel ainda mantém os jogadores que efectuaram jogos no relvado sintético da Mangueiras, nomeadamente o capitão Benvindo, Pitchú, Joca, Chole, Djó, Lelo, Kizamba, entre outros.