Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Maquis e Progresso Sambizanga tentam vitria do consolo

Betumeleano Ferro - 04 de Novembro, 2017

Maquisardes defrontam o Interclube e os sambilas a equipa do Santa Rita

Fotografia: Nuno Flashi

Sem muito tempo para lamber as feridas da eliminação nas meias-finais da Taça de Angola, o FC Bravos do Maquis e o Progresso Sambizanga vão tentar derrotar o Interclube e o Santa Rita de Cássia FC para terminar o campeonato de cabeça erguida.
Os maquisardes vão ter de melhor a receita usada diante do Petro de Luanda, ela deu resultados parciais porque não chegou para a final da taça. A obrigação hoje é diferente, basta vencer, os números do triunfo não contam, um alívio, até certo ponto, que pode dar tranquilidade para o Maquis fazer o seu jogo sem ter necessidade de olhar a toda a hora para a marcador para ver se já é suficiente ou não.O comboio do título passou muito rápido que nem deu tempo para o Interclube se preparar para subir nele, ainda assim os polícias podem começar a pensar na próxima época, criar o hábito de ganhar às vezes leva tempo, mas com vitórias, dentro e fora de casa, como hoje ante o Maquis, pode indicar o caminho certo para os polícias em 2018.
A partida entre maquisardes e polícias é para cumprir calendário, mas nem por isso o Mundunduleno é capaz de ficar às moscas, mais do que dizer adeus ao campeonato, as duas equipas vão tentar provar que poderiam feito mais e melhor nas 29 jornadas anteriores.
O Progresso Sambizanga também morreu na praia na Taça de Angola, os sambilas falharam quando não deviam e podem se ressentir disso na deslocação ao reduto do despromovido Santa Rita de Cássia. As duas equipas aparentam sem ânimo para pensar em grandes coisas, mas é ponto assente que o sambilas têm mais recursos no seu plantel para acelerar para a vitória.
Os católicos fizeram bons jogos caseiros, é possível que ambicionem fazer pela vida para compensar os seus adeptos, uma vitória sobre os sambilas pode ser agridoce mas pode ser crucial para que pela próxima a equipa evite cometer os mesmos erros da sua despromoção.


HOJE À TARDE
Progresso sem Yano e Silva no Uíge


O avançado Yano, o médio Silva , o lateral-direito Eliseu e o centra Buchinho, por diversos motivos, não fazem parte dos convocados para o jogo desta tarde, a partir das 15h00, no estádio 4 de Janeiro, frente ao Santa Rita da Cássia FC, referente à 30ª (última) jornada do Girabola Zap 2017.
Yano e Silva foram dispensados pela equipa técnica por razões escolares, Eliseu contraiu uma lesão jogo diante do 1º de Agosto, referente à segunda mão das meias-finais da Taça de Angola, ao passo que Buchinho falha o desafio por castigo federativo por ter visto o quinto cartão amarelo igualmente da partida da taça.
Apesar das contrariedades na equipa, o treinador-adjunto Diogo Pedro "Dione" disse ontem ao Jornal dos Desportos, momentos antes da partida para a cidade de Uíge, a equipa tudo vai fazer para conquistar os três pontos no duelo que encerra o campeonato nacional deste ano.
"A equipa está a atravessar algumas contrariedades no capitulo clínico, com realce para Eliseu que se encontra com dores fortes no tornozelo direito, causadas por uma lesão que contraiu no jogo da Taça de Angola. Apesar das coisas não saírem como prevíamos ao longo do campeonato e na Taça de Angola, a equipa vai dar o seu melhor com objectivo de conquistar os três pontos no jogo de amanhã (hoje) no encerramento do Girabola Zap", disse.
Diogo Pedro "Dione" assegurou, por outro lado, que os níveis anímicos da equipa não baixaram devido ao afastamento da Taça de Angola, fruto do empate com o 1º de Agosto (0-0), pois está de cabeça levantada para encerrar o campeonato com uma vitoria, apesar do respeito que tem pelo adversário.
"Pensamos que, independentemente de como as coisas correram, sobretudo na Taça de Angola, pelo facto de a equipa não ter chegado à final, mas em termo de exibição, não ficou a dever ao adversário. Deste modo, o grupo está bem e disposto para terminar em grande o Girabola Zap, embora sabemos das inúmeras dificuldades que vamos encontrar no terreno do adversário", frisou.                            AVELINO UMBA