Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Maquis e Sporting caem mesma hora

Daniel Megas - Luena - 11 de Outubro, 2015

Maquis, e Sporting empatam o jogo da ltima jornada

Fotografia: Jornal dos Desportos

Melhor, o FC Bravos do Maquis, com o empate de ontem , a duas bolas, no estádio Mundunduleno,  diante do Sporting de Cabinda, numa partida dramática, a equipa do Moxico foi relegada para a Segunda Divisão.

O estádio Mundunduleno esteve lotado como nunca, depois de alimentadas as esperanças da permanência do Maquis na Primeira Divisão. Apesar de jogar fora de casa, foi o Sporting de Cabinda a antecipar-se com jogadas perigosas, aos 24 minutos, quando Zeca foi incapaz de marcar na baliza dos maquisardes, após um atraso mal feito por Denis para ao seu guarda-redes Carlitos.

O Maquis respondeu aos 25 minutos, com um contra-ataque que terminou  em penálti, quando um defensor sportinguista jogou a bola com a mão, na ressaca de um remate de Bruno. Chole executou com perfeição e chegou aos 10 golos no campeonato.

Mas as esperanças maquisardes só duraram quatro minutos, altura em que a equipa de Cabinda, após uma bela combinação à entrada da grande área maquisarde, Trésor terminou em golo.

Antes, o Sporting devia chegar em vantagem, aos 40 minutos, beneficiando de uma situação privilegiado de golo que, entretanto, teve destino longe da baliza de Carlitos. No reatamento, o Sporting de Cabinda passou em vantagem, ao apontar o golo da tarde, novamente por Zeca, que bisou na partida, aos 65 minutos, reduzindo o sonho maquisarde.

A equipa de Alberto Cardeau, diga-se de passagem, lutou até ao fim. Mostrou vontade, crença e atitude mas falhou muito na finalização, pois em inúmeras oportunidades claríssimas de golos, apenas conseguiu empatar por Ávalos, aos 75 minutos.

No final, desolação total. Atletas, dirigentes, adeptos e amantes do desporto não tiveram quem consolá-los.

O árbitro Inácio Rangel fez um bom trabalho.