Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Maquis vence e alimenta esperanas

Daniel Melgas, no Luena - 27 de Setembro, 2015

Bravos do Maquis mantm aceso o sonho da permanncia na prova maior do futebol angolano

Fotografia: Jornal dos Desportos

Agora com 27 pontos, a três jornadas do final do Girabola2015, o Bravos do Maquis mantém acesa o sonho da permanência na prova maior do futebol angolano, ao vencer ontem, no estádio Mundunduleno do Luena, o Recreativo da Caála, por 2-1, no desafio pontuável a 27 jornada.

Josimar (aos 15 minutos) e Chole (72), garantiram mais três pontos nesta batalha da permanência, enquanto Dudu Leite descontou para os visitantes. Uma primeira parte dominada pela equipa de casa, que encontra-se aflita na tabela de classificação e luta para não descer de divisão, foi talvez este o sentimento que Cardeau incutiu nos seus pupilos e levaram o jogo a sério, uma serenidade demonstrada na abordagem e determinação ao longo na primeira parte.

O volume de acções ofensivas criadas reflecte a preocupação da turma do Moxico em querer “sobreviver”, razão pela qual inaugurou o marcador no quarto de hora (15´). Um cruzamento de canto executado por Bruno e Josimar aproveitou da desorganização defensiva contrária e rematou para o fundo das malhas.

O Recreativo da Caála reagiu energicamente com jogadas construídas na defesa mas enfrentavam muitas dificuldades na transição do meio campo ao ataque e, como consequência, não conseguiu evitar a desvantagem ao intervalo, numa etapa inaugural dominada pelo Maquis, com a dupla Bruno e Josimar, além de Kiloy.

No reatamento, logo no primeiro contra-ataque da Caala, a equipa do Huambo chegou ao golo da igualdade aos 48 minutos, de grande penalidade, concretizado por Dudú Leite, mercê do derruba de nove, na área, pelo defensor caseiro.

O desempate veio apenas acontecer a 15 minutos do final do desafio (76´), na sequencia da cobrança de uma grande penalidade assinalado pelo árbitro José Álvaro, castigando Miro que foi derrubado na área.

O golo trouxe outro alento na partida, que passou a ser mais competitivo, pois o Bravos do Maquis procurava dilatar a vantagem e o Caála a procura da igualdade para tranquilizar-se na tabela de classificação em que ocupa a oitava posição, com 32 pontos.


REACÇÕES DOS TREINADORES

“Foi um jogo complicado” - Alberto Cardeau  (maquis)

“Foi um jogo complicado, a Caála é uma equipa que se organizou bem nesta segunda volta e está moralizado. Agente sabia que vinham aqui (no Luena) para não perder, mas nós tínhamos obrigações acrescida no desafio. Começamos a ganhar mas depois sofremos um penálti que baixou o rendimento da equipa, efectuámos umas mexidas e fomos felizes.”

“Foi um jogo complicado”- Hélder teixeira  (caála)
“Não fizemos um bom jogo e acabámos por perder, tenho de felicitar o Maquis pela vitótria. Nós estamos bem, a nossa situação  no Girabola2015 está controlada, temos agora um jogo com o Recreativo do Libolo é sua casa, mas tentar lutar para cimentarmos a permanência.”