Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Maquisardes caem na primeira das "sete finais!"

Daniel Melgas/ Luena - 01 de Setembro, 2015

Maquis foi derrotado pelo Domant FC

Fotografia: Jos Soares

O FC Bravos do Maquis falhou domingo, em Caxito, o propósito vencer a primeira das “sete finais” que pode manter a equipa do Moxico Girabola, competição em que ocupa a 15ª (penúltima) posição da tabela de classificação com 22 pontos. Os maquisardes foram derrotados pelo lanterna vermelha Domant FC do Bengo por 3-0.

Cardeau e pupilos que conseguiram nos últimos nove jogos apenas uma vitória, um empate e sete derrotas, estão proibidos de perder os próximos desafios do campeonato sob pena de regressarem à Segunda Divisão. Tal com disse o técnico Alberto Cardeau há dias no Luena, nos restantes jogos, a equipa só pensa mesmo em vencer, sob pena de carimbar o passe rumo a despromoção, numa altura que ocupa o penúltimo lugar, posição que há oito anos o FC Bravos do Maquis desconhecia.

“Vamos jogar e vai ser assim com todos os adversários, vamos pensar em vitórias e somente isso. Temos que contar com todos os apoios. Temos passado momentos menos bons, mas também os jogadores continuam a lutar com dignidade, empenhamento e isso é importante para atingirmos o objectivo que não é vai ser fácil”, disse.

Desde que assumiu o comando técnico da equipa, Cardeau montou sua estratégia e a equipa, apesar da “falência financeira” que vive, ganhou outra dinâmica, e já consegue construir jogadas e pratica um futebol mais pragmático. Porém, prometeu uma contínua mudança, sobretudo de atletas.
“Vamos tentar procurar dar jogos a todos os jogadores, principalmente os menos utilizados.

O plantel é vasto e, dentro da estratégia de jogo que estamos a criar, vamos experimentar todos com um único objectivo, o de ganhar os jogos”.
O  Maquis recebe no estádio Mundunduleno o Benfica de Luanda para a 25ª jornada.
DANIEL MELGAS | LUENA