Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Massunguna garante prontido

11 de Setembro, 2015

Capito militar evidencia confiana na equipa

Fotografia: Mota Ambrsio

Massunguna que falava em conferência de imprensa, realizada no ex-RI 20, o experiente central defendeu que têm conversado muito à respeito do duelo de amanhã e que estão concentrados e preparados para somarem os três pontos.

"A conversa é aquela que quando temos um jogo ao longo da semana, para procurarmos anular os pontos fortes do adversário, principalmente nós como defesas e os avançados explorarem os pontos fracos. Temos encarado este jogo com normalidade e a equipa está bem. Queremos ganhar este jogo e, naturalmente, vamos fazer tudo para sairmos vencedores no sábado (amanhã)", afirmou.

O capitão da equipa militar  reconheceu existir alguma ansiedade no grupo, mas que faz parte de cada jogo e que a mesma está controlada.

"A ansiedade é normal para qualquer jogo e não apenas neste por se tratar de um dérbi, mas esperamos que no dia do jogo esta ansiedade possa desaparecer. Por enquanto há sempre um frio na barriga, o que é normal, mas conseguimos controlar isso e vai passar", garantiu.

Dani Massunguna analisou o adversário pela positiva, daí antever um desafio bastante difícil, pois como disse, "o Petro melhorou muito na segunda volta, é um adversário que temos de respeitar muito e por ser um dérbi torna o jogo mais especial. A equipa treinou bem e estamos preparados para defrontar o Petro", analisou.

A baliza rubro-negra não sofre golos há quatro jogos, um aspecto que Massunguna considera positivo e que pretende manter neste grande desafio.

"Atravessamos um bom momento na defesa e esperamos anular o Petro, sabemos que eles têm avançados fortes, mas queremos continuar a não sofrer golos. O Sargento é um rapaz que está a crescer jogo após jogo e isso é bom pra mim, equipa técnica e para o resto dos colegas. Espero que neste jogo ele também possa dar o seu melhor para mais uma vez anularmos os avançados do Petro", defendeu.


QUADRO CLÍNICO
Militares com uma baixa


O médico da equipa do 1º de Agosto, Abel Sanz, traçou um quadro clínico com apenas uma baixa para o maior clássico do futebol nacional. Ou seja, o jovem avançado Makiavala constitui a única baixa nas hostes dos militares.
 
O jovem formado nas escolas do clube lesionou-se com alguma gravidade e por diagnóstico médico ficará afastado dos relvados num mínimo de três semanas.

"Infelizmente neste momento só está incapacitado para jogar o Josimar Makiavala, que sofreu no domingo passado uma lesão muscular e ficará afastado dos treinos e dos jogos pelo menos três a cinco semanas. O resto da equipa está bem", afirmou o especialista, garantindo um quadro positivo para o resto do plantel.

Em relação a equipa, hoje, às 16h00, realiza a última sessão de treinos, no estádio 11 de Novembro, para os retoques finais, com o grupo completo e bastante motivado para o jogo.

Ainda em relação a equipa, o capitão Dani Massunguna endereçou ontem, em conferência de imprensa, uma mensagem aos adeptos do clube.

Massunguna apelou ao civismo, referindo que "os adeptos devem apoiar as suas equipas com fair play, pois queremos um bom dérbi em que no fim todos saímos do estádio satisfeitos, tanto nós, os jogadores, como os adeptos", concluiu.
JN