Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Medart "agua" garra dos lees

Joaquim Suami|Cabinda - 25 de Setembro, 2015

Treinador reconhece que perder pontos nesta fase significa sentena de morte no campeonato

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico do Sporting de Cabinda, Lusaduso Medart, reconhece que os últimos quatros jogos que restam para o término do Girabola 2015 são difíceis, pois as equipas não esperam perder pontos, principalmente aquelas que lutam pela conquista do título e as que tudo fazem para evitar a despromoção, entre elas os Leões do Norte, 14ª classificado do campeonato. 

Ainda assim, segundo Medart, os leoninos, não obstante as dificuldades que têm encontrado diante dos adversários, trabalham para fazer o pleno nas restantes quatro jornada do campeonato, pois o objectivo assenta na manutenção no Campeonato Nacional.

“Reconheço que a equipa falhou em alguns jogos, mas devido ao trabalho psicológico e das conversas que temos vindo a manter com os jogadores, hoje, notamos que estão a cometer poucos erros, principalmente na zona defensiva. A equipa comportou-se bem com o 1º de Agosto e com o Kabuscorp do Palanca, apesar de não termos conseguidos três pontos. Tudo está a ser feito para melhorarmos o posicionamento do clube na tabela classificativa do Girabola”, referiu.

O Sporting de Cabinda, com 26 pontos na 14ª posição da tabela de classificação, fruto de seis vitorias, oito derrotas e doze empates, é, nesta altura, uma das três fortes candidatas (FC Bravos do Maquis e Domant FC do Bula Atumba são outras equipas) a despromoção.

É por esse e outros motivos que o Sporting trabalha arduamente, pois, perder pontos, nessa fase da competição, não faz parte do dicionário da equipa treinada por Lusaduso Medart. Aliás, os leões do Norte querem começar o ciclo vitorioso já no próximo domingo, no estádio do Tafe, diante do Domant FC do Bula Atumba, lanterna vermelha do campeonato, jogo referente à 26ª jornada. 

Ontem, no estádio municipal, Lusaduso Medart começa a definir a estratégia a utilizar no desafio diante da equipa do Bengo, que está proibida de perder pontos, caso almeja permanecer na Primeira Divisão.