Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Medart promete mais atitude

Joaquim Suami - Cabinda - 21 de Agosto, 2015

Lees do Norte querem inverter o quadro de maus resultados a partir da prxima jornada do Girabola 2015

Fotografia: Antnio Soares

O técnico do Sporting de Cabinda, Lusaduso Medart, mostra-se irritado com os sucessivos erros que os jogadores leoninos cometem em cada jornada do Girabola, o que tem resultado em maus resultados na competição.

Lusaduso Medart, em entrevista ao Jornal dos Desportos, disse não entender o que se passa no seio dos jogadores do Sporting de Cabinda, que na primeira parte de um desafio, mostram atitude, garra, agressividade e ambição de vencer o jogo, mas na etapa complementar recuam na zona defensiva, perdem o controlo da partida, começam a jogar mal e por fim a equipa sai derrotada.

"Estou preocupado com o comportamento negativo dos meus jogadores e não sei o que se passa com eles. Na primeira parte do jogo, tudo corre bem, mas, na segunda parte, recuam na zona defensiva, mesmo a chamar atenção para continuarem a atacar. Aliás, quando recuam, começam a jogar mal, sem entrosamento e no final do jogo a equipa perde", reclamou.

Referiu que em todas as semanas, a equipa técnica tem transmitido aos jogadores o espírito de vitórias, mas nos jogos continuam a cometer técnicos e tácticos, o que não se percebe. Sublinhou que, apesar das falhas que os atletas cometem em cada desafio, tem conversado com os mesmos para terem um comportamento positivo em campo, com o objectivo de ajudarem o clube a obter resultados satisfatórios na prova.

"Os jogadores estão a jogar bem e estou a gostar da condição física dos mesmos. Sinto-me triste quando cometem erros técnicos em campo. Sei que estão a passar por algumas dificuldades administrativas, mas não devem se preocupar com esta situação, porque, primeiro, têm que mostrar trabalho em campo para o Sporting de Cabinda estar melhor no Girabola", referiu.


REVOLTA
Treinador leonino
critica arbitragem


Os árbitros indicados pela Federação Angolana de Futebol (FAF) para os jogos do Sporting de Cabinda estão igualmente a contribuir para o insucesso dos Leões do Norte no Girabola 2015. A afirmação é do técnico Lusaduso Medart.

O treinador leonino referiu que o Sporting de Cabinda está a ser bastante prejudicado pelos árbitros desde o início da segunda volta do Girabola 2015. Para ele, os árbitros devem apresentar um trabalho imparcial e não parcial, pois, sendo a actuação parcial, vão ajudar as equipas apresentarem um futebol excelente.
  
"Estamos a ser prejudicados pelos árbitros, aliás, desde o início da segunda volta que a arbitragem sempre esteve contra o Sporting de Cabinda. Por exemplo, no jogo com o Recreativo da Caála, o árbitro não assinalou um penálti a nosso favor, assim como outras falhas que os árbitros cometem contra o Sporting de Cabinda", disse.

Medart disse ter-se sentido igualmente injustiçado com a actuação do árbitro no desafio diante do Recreativo do Libolo, disputado no último fim-de-semana, para a 23ª jornada.

"Com o Libolo, o nosso guarda-redes tocou o jogador adversário fora da grande área, mas o árbitro apitou penálti e não entendi por que razão. Entendo dessas coisas, porque quando se joga com uma equipa líder de uma competição é mesmo assim, mas vamos continuar a trabalhar para mudar o mau cenário que reina no clube", referiu.
 JS