Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares aperfeioam estratgia

Benigno Narciso, no Lubango - 15 de Abril, 2016

Segundo colocado do Girabola Zap prepara recepo ao Petro na prxima segunda-feira

Fotografia: Aro Martins

A equipa técnica do Clube Desportivo da Huíla, segundo classificado do Girabola Zap 2016 com 16 pontos, aposta no entrosamento ofensivo e defensivo com o ensaio do jogo progressivo a partir da defesa, com vista a suprir debilidades e potenciar virtudes para o jogo da próxima segunda-feira, no estádio do Ferroviário, no Lubango, diante do Petro de Luanda, pontuável para a oitava jornada da competição.

O trabalho que está a ser desenvolvido durante a semana de treinos é essencialmente de continuidade dos aspectos privilegiados nas sessões anteriores, pelo que com a insistência nesses aspectos, Ivo Traça pretende alcançar a perfeição e dotar a equipa de consistência e automatismos apurados no processo ofensivo e defensivo. A excelente campanha no campeonato não retira o espírito de missão e empenho do grupo, pelo contrário, vê acrescida as responsabilidades e obrigação de fazer sempre o melhor. Isso ficou patente no treino realizado ontem de manhã, no relvado do estádio da Nossa Senhora do Monte.

Durante a sessão, Ivo Traça e coadjutores, transmitiram os fundamentos técnicos e tácticos ligados aos aspectos da transição da bola com a movimentação ofensiva dos atletas e reposição defensiva dos três sectores. O aperfeiçoamento desses aspectos é feito durante a realização de peladinhas em terrenos reduzidos durante o qual o técnico Ivo Traça intervêm sempre que necessário para corrigir e retransmitir orientações. A busca de forma contínua de um modelo funcional e rotinas na construção de um fio de jogo que culmine em finalização, bem como reforçar a solidez na defesa, são os objectivos prosseguidos pela equipa técnica que almeja ver, dias após dia, elevados os níveis do grupo.

No capítulo clínico, o quadro tende a registar melhorias.

O capitão Chiwe, que entrou condicionado na segunda parte da vitória diante do ASA, e o avançado Kêmbwa que falhou o referido desafio por lesão, melhoram de forma satisfatória, com boas perspectivas, pelo que estarão aptos para o jogo de recepção ao Petro de Luanda.

Outras mazelas resultantes das exigências decorrentes dos treinos da semana são debeladas à medida que surgem.