Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares assumem favoritismo

Jorge Neto - 03 de Novembro, 2018

Plantel do 1 de Agosto encara com optimismo e bastante concentrao o segundo jogo do Giraboloa Zap

Fotografia: DR

O técnico-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, afirmou que o plantel está compenetrado das suas responsabilidade no campeonato e aposta na primeira vitória esta época, quando receber, amanhã às 17h00, no estádio 11 de Novembro, a formação do Desportivo da Huíla.
O treinador revelou, sem reservas, que os militares assumem o favoritismo e ambicionam levar a melhor sobre o seu confrade. \"A equipa está motivada e consciente das suas responsabilidades para este jogo\", precisou.
O ex-internacional angolano espera dos atletas a mesma entrega e determinação, que tem caracterizado o grupo, para alcançarem o objectivo traçado. \"Trabalhamos para vencer este jogo, sem qualquer menosprezo pelo adversário, por isso, acreditamos num resultado positivo\", disse confiante.
Na preparação para este embate, os tricampeões nacionais trabalharam sobre os erros cometidos contra o Interclube, na última terça-feira, onde os avançados pecaram bastante na finalização, com destaque para o regressado Ary Papel, muito interventivo no desafio.
Ainda sob a orientação dos técnicos-adjuntos Ivo Traça e Filipe Nzanza, o conjunto rubro e negro sabe que terá diante de si um adversário moralizado, aliás, tem sido sempre assim que se defrontam, sendo que existem no plantel huilano alguns jogadores que já representaram os campeões nacionais, casos de Manucho Dinis e Sargento.
O novo técnico da equipa, Dragan Jovic, que regressa a uma casa que bem conhece, um ano depois, é aguardado no país nos próximos dias, para dar sequência ao trabalho começado por si e continuado por Zoran Maki.
Do lado do 1º de Agosto, o lateral esquerdo Zé e o médio Nandinho jogam pela primeira vez contra os seus antigos colegas de equipa, caso mereçam a confiança da equipa técnica, num jogo onde está posta de parte a hipótese de um deslize.
O empate não deixou mossa no seio do plantel, que está optimista em somar a primeira vitória na competição, onde têm dominado nos últimos três anos. Em função da gestão que se pretende na equipa, é expectável que a dupla/técnica faça algumas alterações no onze inicial.
A jogarem em casa, diante dos seus adeptos, os agostinos não querem deixar escapar os três pontos, de modos a manterem-se na senda dos bons resultados, defendendo com determinação os três títulos consecutivos.