Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares centram atenes no JGM do Huambo

Jorge Neto - 15 de Junho, 2017

Equipa tcnica do 1 de Agosto faz correco dos erros registados nos jogos-treinos

Fotografia: Jos Cola| Edies Novembro

As correcções dos erros cometidos nos dois jogos-treinos que a equipa do 1º de Agosto disputou no período de pausa do Girabola Zap vão dominar o regresso hoje, às 8h30, no  campo do ex-RI20, da preparação dos campeões nacionais para o jogo de domingo, no Estádio do Ferrovia, diante da formação do JGM, referente a 16ª jornada.

Apesar das vitórias nos dois amistosos, diante do Progresso do Sambizanga (1-0) e ASA (4-0), a equipa técnica militar detectou algumas falhas que pretende começar a solucionar a partir do treino desta manhã, quando faltam apenas quatro dias para a visita a formação do Huambo.
Após a folga geral registada ontem, os agostinos retomam à todo o gás, com o pensamento virado de forma exclusiva para o primeiro desafio da segunda volta do campeonato nacional, onde esperam iniciar com o pé direito, ou seja, somar os três pontos frente aos primo-divisionários.

O avançado cabo-verdiano, Rambé, saiu queixoso do jogo-treino diante do ASA, na passada terça-feira, mas o melhor marcador da equipa, com seis golos, é aguardado no treino desta manhã para integrar os trabalhos e faz parte dos principais activos do conjunto orientado pelo bósnio Dragan Jovic.

No regresso ao campeonato os agostinos ambicionam voltar às vitórias, após encerrarem a primeira volta com uma derrota diante do Kabuscorp do Palanca, por 2-0. A formação militar aproveitou a pausa para recuperar o guarda-redes Dominique, no entanto, só será utilizado dentro de duas à três semanas, conforme previu o técnico-adjunto, Ivo Traça.

Será o segundo desafio entre as duas equipas, após a vitória na primeira volta, por 2-0, com golos de Medá e um auto-golo do defesa-central Piqué.
O JGM é encarado como um adversário que requer muitas cautelas, em função do último lugar que ocupa na tabela geral de classificação e naturalmente ambiciona começar a amealhar pontos para garantir a permanência no campeonato. Os dois conjuntos estão em extremos opostos, os militares ocupam a segunda posição com 24 golos e sete sofridos, enquanto o advresário tem o ataque menos finalizador, com oito, e a sexta defesa mais batida, com 19 tentos.