Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares em plena ascenso

Mrio Eugnio - 05 de Maio, 2015

1 de Agosto de vento em popa depois do mau comeo de campeonato

Fotografia: Jornal dos Desportos

Até o primeiro terço, da primeira volta do Girabola, o 1º de Agosto ocupava, pasme-se, o antepenúltimo (15º) posto da tabela classificativa com dois pontos, menos nove que o então líder Interclube. De lá para cá, os militares empreendem uma recuperação fantástica. Ou seja, dois terços depois, estão em quarto na tabela da classificação com 18 pontos, a apenas quatro do novo comandante.

Como que ressurgido de um sono profundo e a precisar de recuperar o tempo perdido, melhor dito, os pontos desperdiçados, a equipa militar soma e segue desde a sexta jornada, altura em que conseguiu a primeira vitória diante do Domant FC por 2-0. Depois, salvo o desconto em relação  ao resultado do derby com o Petro (décima ronda), os militares só têm sabido conjugar o verbo ganhar. Venceram na sétima (3-0, ao Progresso do Sambizanga), na oitava (2-0, ao Sagrada Esperança), na nona (2-1, ao Sporting de Cabinda) e  na 11ª (2-0, ao Interclube).

Com essa ascensão veloz, a equipa do Rio Seco relança a corrida ao título e afirma-se cada vez mais um crónico candidato, que pelo nono campeonato consecutivo, procura dar alegrias aos seus adeptos depois o terem feito pela última vez em 2006, então sob o comando do holandês Ian Brouwer.

À quatro jornadas do término da primeira volta, Dragan Jovic e seus pupilos, ainda não perderam a esperança de virem a tornar-se  líderes do Girabola. Por enquanto, fazem a sua parte e esperam pelo deslize dos que estão na “pole-position”.