Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares espreitam liderana frente aos Catlicos

Betumeleano Ferro - 01 de Dezembro, 2018

Militares so favoritos no duelo diante dos

Fotografia: Paulo Mulaza | Edies Novembro

A quarta jornada do Girabola Zap 2018/2019 prossegue esta tarde com três jogos, porém, dois deles, Sagrada Esperança - Progresso Sambizanga, 15h30, no Dundo, e 1º de Agosto - Santa Rita de Cássia, 17h30, no 11 de Novembro, podem resultar em mudanças significativas no comando, pois, em caso de vitória de militares e sambilas, teremos bicefalia na liderança do campeonato.
O 1º de Agosto aparenta ter a vida bem facilitada para saltar do terceiro para o topo, embora seja verdade que as camisolas há muito deixaram de ganhar jogo, há poucos motivos para acreditar que o campeão vai ser negligente contra o Santa Rita de Cássia, \"lanterna vermelha\". Mais do que a obrigação de somar e seguir contra o último classificado, o susto de quarta-feira, nas Afrotaças, agora vai fazer com que os militares entrem com o dedo no gatilho, correr de novo atrás do prejuízo está fora de cogitações.
A ambição de se apossar da liderança do 1º de Agosto contrasta com o desespero do Santa Rita, os católicos andam com o terço na mão mas pontuar que é bom, demora a acontecer. É normal, até porque o futebol também é feito de incertezas, que o Santa Rita venha a Luanda motivado para tentar uma surpresa, mas é este anseio que é capaz de resultar na perdição dos forasteiros, jogar aberto é suicídio, ficar na retranca é o mesmo que nada, então, só uma tarde sem inspiração do campeão pode dar algo de bom.
O 1º de Agosto sabe que o Santa Rita vai preferir adoptar uma atitude de espera, porque não tem armas para travar um combate igual, por mais que o campeão queira ter a bola toda, também é importante que não se esqueça de jogar primeiro para o golo, tentar procrastinar como fez nas Afrotaças vai obrigar a equipa a um esforço suplementar, nada benéfico para quem tem intervalos curtos para recuperar.
A veia goleadora dos militares está em evidência nos últimos dois jogos consecutivos, é isso que é capaz de estar a provocar pesadelos aos católicos, a preocupação maior deles vai ser escolher bem as zonas de pressão, para impedir que o ataque militar mine o tempo todo a defesa para marcar os golos que quiser.
O Progresso Sambizanga agora está na boca dos adeptos pelos piores motivos, a inesperada saída do técnico Hélder Teixeira também apanhou o plantel de surpresa, mas é possível que os atletas queiram mostrar gratidão para com o ex-treinador, dando sequência as coisas boas que têm feito. Um triunfo extramuros mantém os sambilas como uma das sensações desse começo de campeonato, a equipa já provou o gosto da liderança, por isso é normal que sinta anseio de ter outra vez o que já foi seu.
Escassos dois pontos separam o Sagrada do Progresso, essa diferença mínima tem força suficiente, para motivar os diamantíferos a estugar o passo para dar o exemplo como bom anfitrião, o bom momento dos sambilas vai impedir que o Sagrada arranje desculpas, para justificar um eventual desaire caseiro, os feitos do Progresso não começaram na jornada passada, para haver ouvidos de mercador.
Mais cedo, 15h00, nas Mangueiras, acontece o jogo \"menos\" interessante de hoje. É verdade que o Saurimo FC e o Cuando Cubango FC ainda não fizeram nada para merecer os holofotes, mas há todos os motivos para esperar um bom despique, entre dois concorrentes directos no campeonato da melhor qualificação possível. 
Os dois contendores estão sedentos de vitórias e pontos, para andarem atrás das metas que traçaram no campeonato, fica claro que os lundas estão mais folgados por jogarem na sua zona de conforto, mas tem de haver muita transpiração para o triunfo ficar em casa. Os forasteiros ainda estão a engatinhar, mas a vontade de começar a andar pode resultar em algo de bom esta tarde, ainda mais porque o Cuando Cubango vai estar diante de um rival, pelo que não tem necessidade de ter receio de se gastar em campo, afinal, para as duas equipas, esse é daqueles jogos em que a meta principal é pontuar.  


IVO TRAÇA
\"Vamos ter
que vestir o
fato-macaco\" 


O técnico-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, reconheceu que não há jogos fáceis, por isso terão de dar o máximo, para vencer a formação do Santa Rita de Cássia FC, hoje às 17h30, no estádio 11 de Novembro, para assaltar a liderança isolada do Girabola Zap 2018/2019.O auxiliar do sérvio Dragan Jovic destacou o bom ambiente que reina no seio do grupo, apesar de algumas baixas que terão neste desafio, onde vão apresentar-se cautelosos para evitar perder pontos, como no ano passado, com equipas mais modestas.
\"A disposição é óptima, não temos lesões, tirando os habitueis (Ibukun e Paizo). É verdade que não há jogos fáceis, vai ser um desafio difícil. Se vocês quiserem lembrar, no campeonato passado fizemos seis empates em Luanda com essas equipas, que não são do nosso campeonato, isso prova que não será nada fácil\", disse Ivo Traça.
O antigo médio militar admitiu que terão de mostrar uma forte atitude, como na última quarta-feira, no jogo referente a preliminar de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos. 
\"Vamos ter que vestir o fato-macaco, conforme fizemos no último jogo, com a equipa do Congo Brazzaville, para podermos vencer o desafio. De outra maneira, não temos hipóteses, todos os jogos que disputarmos serão autênticas finais\",  afirmou. 
A equipa orientada por Dragan Jovic entra para a quarta jornada na segunda posição da classificação geral e conserva o estatuto de melhor defesa do Girabola Zap, sem sofrer nenhum golo, e ambiciona manter o registo. Os militares tiveram apenas dois dias de treinos para este desafio, após a recepção, na passada quarta-feira, da formação do AS Otôho D´oyo, do Congo Brazzaville, onde depois de um inicio assustador, perdiam por dois golos, deram a cambalhota ao resultado, marcando quatro tentos. 
Se o ataque mostrou eficácia o mesmo não se pode dizer da defesa, que apresentou fragilidades, daí que Dragan Jovic tenha trabalho este último aspecto, com alguma insistência, na véspera deste jogo. O golo marcado por Jacques, diante do AS Otôho, abre a porta ao avançado para discutir uma vaga no ataque do \"onze\" inicial do desafio desta tarde, com o colega Mabululu.
O avançado congolês democrático marcou o seu primeiro tento esta época, fechando as contas do conjunto agostino na vitória por 4-2, nas competições africanas, contra os dois apontados por Mabululu no Girabola Zap.
O técnico Dragan Jovic ganha com isso dois avançados motivados e com \"fome de golos\", tendo em conta que apenas um deles poderá jogar de início, pois nos extremos estarão Ary Papel e Geraldo.
A equipa provável para o jogo desta tarde é a seguinte: Tony Cabaça; Mingo Bile, Massunguna, Bobó, Isaac; Show, Buá, Mongo; Ary Papel, Geraldo e Mabululu ou Jacques. 
Jorge Neto