Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares mantm aposta no ttulo

Augusto Panzo - 22 de Agosto, 2017

Com os dois principais candidatos a andarem correria um atrs do outro, diferenciados por apenas trs pontos, o que equivale a uma vitria, prev-se que as coisas venham a aquecer at ao fim da caminhada.

Fotografia: Jose Soares | Edies Novembro

As equipas do Grupo Desportivo da Casa Militar do Cuando Cubango e do Jackson Garcia FC de Benguela continuam na passada rumo à consecução dos objectivos traçados para esta época futebolística, traduzidos na subida ao Girabola Zap do próximo ano. A formação das terras do progresso não teve meias-medidas na recepção ao Vitória Atlético do Bié, no Estádio Municipal de Menongue,  vencendo por convincentes 3-0.

O triunfo permitiu a equipa da casa atingir os 15 pontos e continua a ser a única formação invicta do grupo, depois de ter feito o pleno na primeira volta, situação que o deixa mais à vontade na luta pelos propósitos gizados pela direcção.

Ainda assim, para chegar cortar primeiro a meta a formação da Casa Militar do Cuando Cubango terá de transpirar até à última gota, porque o seu concorrente directo nessa corrida não é uma "pêra doce", pois, tem capacidade de arrastar a luta até ao fim do trilho. 
O conjunto do Jackson Garcia, representante da província de Benguela e segundo candidato principal nessa competição no grupo B, foi à cidade de Ondjiva ao encontro do Evale FC do Cunene e venceu pelos mesmos números, três bolas a uma.

Essa vitória mantém o Jackson Garcia na peugada, porque continua a haver a diferença de três pontos entre os candidatos, com vantagem para o representante das terras do soberano "Muene Muvongue". Com os dois principais candidatos a andarem à correria um atrás do outro, diferenciados por apenas três pontos, o que equivale a uma vitória, prevê-se que as coisas venham a aquecer até ao fim da caminhada.                                      
AP