Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares pretendem manter eficcia

Jorge Neto - 17 de Março, 2016

Atacante rubro-negro afina pontaria para voltar a visar a baliza contrria e permanecer no comando dos melhores marcadores

Fotografia: M.Machangongo



O melhor ataque do Girabola Zap pertence ao 1º de Agosto, mas a eficácia e a regularidade do líder isolado da prova vão ser postas à prova no domingo às 18h00 no Estádio 11 de Novembro, no jogo com o Progresso da Lunda Sul que tem uma das defesas mais sólidas do campeonato até ao momento.

O conjunto lunda sofreu três golos nos quatro jogos disputados e por margem mínima, números que servem para testar os pupilos do bósnio Dragan Jovic, que apresenta o ataque mais concretizador até à saída da quarta jornada, com dez tentos.

A formação do rio seco conta no seu conjunto com os préstimos do melhor marcador da competição, Gelson com cinco golos, além de Geraldo com dois, o que demonstra o ataque dos militares com forte apetência para as balizas adversárias.

Até ao momento, os rubro - negros marcaram nos quatro jogos que disputaram no campeonato, e pelos objectivos que perseguem a postura deve ser a mesma com os pupilos de Kito Ribeiro que têm o ataque menos finalizador.

Os lundas marcaram um golo em quatro desafios, por coincidência na única vitória até ao momento no campeonato nacional. Nas três derrotas sofreram o mesmo número de tentos, é por isso uma das melhores defesas do Girabola ZAP.

Com isso, o sector defensivo agostino vai ter a missão de anular o ataque da formação do Progresso da Lunda Sul e repetir o feito da época passada, na segunda volta em que venceu por 2-1 em Luanda, depois de na primeira volta ter imposto um empate nulo no Estádio Municipal das Mangueiras. Nas hostes militares os jogadores estão motivados e concentrados para somar os três pontos, frente a um adversário que não teve um bom início na competição, mas que augura uma recuperação na tabela de classificação para fugir o antepenúltimo lugar e provar que não foi equipa sensação em 2015 por obra do acaso.

O médio Buá que foi o marcador do segundo golo dos militares na vitória de 3-1, com a Académica do Lobito na jornada anterior, falha o joga de domingo por castigo federativo. O jogador foi expulso por acumulação de cartões amarelos, vai cumprir um jogo de suspensão.