Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares procuram manuteno da liderana

Jorge Neto - 24 de Setembro, 2016

O 1 de Agosto joga esta tarde no Lubango diante do Desportivo da Hula

Fotografia: Jornal dos Desportos

O técnico -adjunto do 1º de Agosto, Filipe Nzanza, desvalorizou o pensamento dos que defendem que a partida desta tarde, às 15h00, no Estádio do Ferroviário, com o Desportivo da Huíla, é apenas para cumprirem formalidades, por  tratar-se de um clube satélite dos agostinos.

"Para as pessoas que dizem ser um jogo fácil para nós, estão enganadas. O Desportivo atravessou um período de sete ou oito jogos sem ganhar, e ninguém disse nada", desabafou e destacou que estão no comando do campeonato, por mérito e não de favor.

"Gostamos de jogar limpo e ganhar. Por isso, estamos a frente do campeonato e queremos continuar a ganhar desta forma", minimizou, acrescentou que espera um jogo com elevado grau de dificuldade.

"Para nós, 1º de Agosto, vai ser um jogo normal e acredito que eles vão  mostrar que têm lugar na nossa equipa. Será uma partida difícil, mas vamos fazer tudo para ganhar", defendeu.O antigo médio dos lideres do Girabola Zap disse que a semana foi proveitosa, porque recuperaram os jogadores lesionados e sublinhou que o ambiente no plantel é dos melhores.

"A semana de preparação foi boa. Recuperamos os jogadores da viagem que fizemos ao Cuanza Norte para o jogo frente ao Porcelana, e estamos confiantes que vamos fazer um bom jogo, e conquistar uma vitória", apontou.

Filipe Nzanza assumiu que a finalização é dos aspectos que mais preocupam a equipa técnica, daí, terem trabalhado de forma insistente que melhorar os níveis e aumentar o grau de eficácia.

"Todas as semanas  conversamos com o plantel durante 30 ou 40 minutos antes dos treinos, para melhorarmos em alguns aspectos e temos debatido muito a questão da finalização. Trabalhamos todos dos dias nos treinos para corrigir o que está mal", realçou."Penso, que a defesa está bem e conseguimos equilibrá-la, razão pela qual temos sofrido poucos golos. Para nós, o que está a pesar, é o sector atacante, porque não estamos a marcar golos como desejávamos ", concluiu.

MANUCHO  DINIS
O médio ofensivo do 1º de Agosto, Manucho, assumiu que apesar de ter feito a estreia no Girabola com a camisola do Desportivo da Huíla, só pensa  conquistar os três pontos esta tarde, para manter a liderança na competição.

"Sabemos que será um jogo difícil, como todos que enfrentamos em função da motivação dos adversários. Será uma honra jogar contra a equipa que  lançou-me na alta competição, concretamente, no Girabola, mas o meu objectivo é ganhar o jogo", garantiu.

O vice -capitão dos rubro - negros  antevê um duelo complicado,  realça a motivação do adversário em "roubar" pontos ao líder do campeonato. "Penso que isso aumenta a nossa dificuldade, porque eles, certamente, que  querem mostrar o seu valor. Sei o que isso é, porque já estive do outro lado, e acredito que os jogadores do Desportivo estão motivados", acentuou.