Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares querem festa rija

Betumeleano Ferrão - 31 de Outubro, 2016

O 1º de Agosto conquistou o título com antecedência mas fecha campeonato com o rival tricolor

Fotografia: José Soares

O 1º de Agosto antecipou em uma jornada, a  conquista do Girabola ZAP, mas os militares mantêm a ambição de só envergar as faixas de campeão, no derradeiro jogo com o Petro de Luanda. O clássico é parte do sonho do plantel rubro -negro, e conforme o Jornal dos Desportos apurou no seio dos atletas militares, há o desejo de fazer a festa final contra o seu maior adversário.

A conquista do troféu  pelo 1º de Agosto, há muito era esperada, mas parte do sonho do plantel só se concretiza diante do rival. Os militares estão invictos contra os tricolores desde 2014, quando Dragan Jovic assumiu o comando técnico. Este diário apurou, que os jogadores consideram que há um sabor especial exibir as faixas no jogo com o Petro de Luanda.

O 1º de Agosto venceu pela última vez o Girabola em 2006, o longo jejum de títulos faz desta conquista um momento ímpar na carreira de todo o plantel, ainda mais, porque é a primeira vez em que todos os que jogam de rubro -negro ao peito vencem o título angolano. É este o motivo principal por que os atletas em uníssono, querem colocar a cereja no topo do bolo, sair do clássico com o rival a fazer  guarda de honra ao campeão nacional.A conquista rubro -negra põe fim a um longo período sem troféus no campeonato. Curiosamente, de 1982 a 1990, também viveu temporadas seguidas de secas.

A regularidade do princípio ao fim, fez o novo campeão, para fechar as contas do Girabola ainda falta o clássico, sem espírito de final, porém, com todos os ingredientes para manter acesa a rivalidade entre os maiores rivais do futebol angolano.O 1º de Agosto abriu o champanhe, com antecedência, apenas no clássico coloca as faixas, um facto inédito na história do clube.

 O rival, Petro de Luanda, em 1994 fez a festa do título com uma vitória de 1-0, na derradeira jornada com os militares. Agora, chegou a vez do reverso da moeda, porque os tricolores não têm como impedir a festa rubro -negra.O clássico vai disputar-se em casa do Petro de Luanda,  como a festa é do 1º de Agosto, as duas direcções vão colocar a rivalidade de parte, com excepção da vontade de fechar o campeonato com vitória, mais nada se conhece do programa de consagração preparada pelos militares.

A probabilidade do Petro de Luanda ceder o factor casa ao 1º de Agosto, ainda não foi colocada em cima da mesa. Todavia, é ponto assente que os tricolores façam concessões,  para permitirem  que o campeão festeje no relvado ou nas bancadas.O jogo de palavras, que há semanas o Petro de Luanda pareceu iniciar, de modo algum tira consistência ao clássico nacional. É ponto assente, que os dois rivais querem fazer a última demonstração de força, para compensar os seus adeptos que esperavam pelo inédito jogo do título.

Petro de Luanda
domina lista


Com o Petro de Luanda ao comando com 15 títulos, o 1º de Agosto alcançou no sábado, a décima conquista no Girabola Zap. Os militares  são seguidos pelo Recreativo do Libolo com quatro troféus. ASA (3),  1º de Maio de Benguela e Interclube ( 2) e Sagrada Esperança e Kabuscorp do Palanca (1) são outros campeões nacionais. A lista de vencedores das 38 edições do Campeonato     Nacional é a seguinte:

1979 - 1º de Agosto
1980 - 1º de Agosto
1981 - 1º de Agosto
1982 - Petro de Luanda
1983 - 1º de Maio
1984 - Petro de Luanda
1985 - 1º de Maio
1986 - Petro de Luanda
1987 - Petro de Luanda
1988 - Petro de Luanda
1989 - Petro de Luanda
1990 - Petro de Luanda
1991 - 1º de Agosto
1992 - 1º de Agosto
1993 - Petro de Luanda
1994 - Petro de Luanda
1995 - Petro de Luanda
1996 - 1º de Agosto
1997 - Petro de Luanda
1998 - 1º de Agosto
1999 - 1º de Agosto
2000 - Petro de Luanda
2001 - Petro de Luanda
2002 - ASA
2003 - ASA
2004 - ASA
2005 - Sagrada Esperança
2006 - 1º de Agosto
2007 - Interclube
2008 - Petro de Luanda
2009 - Petro de Luanda
2010 - Interclube
2011 - Libolo
2012 - Libolo
2013 - Kabuscorp
2014 - Libolo
2015 - Libolo
2016 - 1º de Agosto