Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Militares trabalham fardados à campeões

Jorge Neto - 02 de Novembro, 2016

O lateral esquerdo Paizo e o médio ofensivo Geraldo falharam o jogo passado, por lesão, esperam recuperar à tempo para participar da festa

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa do 1º de Agosto realiza hoje às 8h30, no campo do ex-RI20, o primeiro treino da semana, na condição de campeão nacional do Girabola Zap 2016, com uma sessão virada para a recuperação física dos jogadores, após o descanso de segunda e de ontem.

O técnico Dragan Jovic optou por dar dois dias de descanso ao plantel, para  a descompressão do esforço que fizeram na vitória diante do Atlético Sport Aviação (ASA), por 3-0, no sábado, e que beneficiaram do empate nulo do rival Petro de Luanda frente ao Benfica de Luanda. O conjunto militar ensaia as estratégias para o clássico diante dos petrolíferos, no sábado, referente à 30ª jornada do Campeonato Nacional, desafio que o Dragan Jovic admitiu ser fácil de preparar.

“O jogo com o Petro será muito fácil de preparar, os jogadores estão motivados e vão fazer tudo para ganhar o desafio. Este título chega num bom momento e vamos aproveitar a motivação para o próximo jogo, em que queremos fechar o campeonato com uma vitória para os nossos adeptos e fazermos uma grande festa”, disse em entrevista à Zap.

O lateral esquerdo Paizo e o médio ofensivo Geraldo falharam o jogo passado, por lesão,  esperam recuperar à tempo para participar da festa de consagração, que os militares pretendem brindar à massa associativa.
Jorge Neto

1º DE AGOSTO
Massunguna
destaca papel
do psicólogo


O capitão da equipa do 1º de Agosto, Dany Massunguna, destacou o papel desenvolvido pelo psicólogo Marco Correia Victor, especialista em motivação da formação militar para conquista do título de campeão nacional da época 2016, quando resta uma jornada para o final do Girabola Zap.

O defesa central agostino, em declarações à TV Zimbo, enalteceu a influência que teve o especialista Marco Correia Victor na motivação do grupo na segunda volta do campeonato, quando integrou  o grupo de trabalho na semana da preparação do clássico diante do Recreativo do Libolo, em Calulo, referente à 22ª jornada.

Neste desafio o conjunto militar foi superior ao adversário, mostrou mais força mental, dominou o jogo e esteve mais próximo de ganhar, porém, o resultado saldou-se num empate nulo. Nos restantes oito jogos, os agostinos somaram dois empates e seis vitórias, totalizaram 20 pontos, em 24 possíveis. “O psicólogo teve um papel importante na equipa, ajudou-nos a manter a motivação e foi muito bom tê-lo connosco, para complementar o trabalho do técnico.

Reconhecemos que houve momentos em que a equipa baixava o desempenho em campo, mas felizmente, conseguimos manter a liderança e graças a Deus somos campeões antecipados”, afirmou. O “ camisola 5” rubro -negro manifestou a sua satisfação pela conquista antecipada do título, e a crença na vitória no clássico da última jornada com o rival Petro de Luanda.

“Na última jornada contra o Petro de Luanda será mais um jogo difícil, naturalmente queremos ganhar para fechar em grande o campeonato. Esse título antecipado motiva-nos ainda mais para defrontar o Petro, e só pensamos em ganhar o clássico. Muitas pessoas gostavam de ver o título ser decidido na última jornada, mas fomos superiores em relação aos nossos adversários e acabamos por ser mais felizes”, comentou.

Na ocasião, o capitão reforçou a ideia de estar disponível para os Palancas Negras, pois como garantiu, "nunca disse que fechei as portas à Selecção Nacional. O que houve foi um mau entendido com o seleccionador, na altura, Romeu Filemon, em função de um problema familiar que tive. Mas não tenho nenhum problema com ele e conversamos normalmente", disse e acrescentou que "já fui contactado duas vezes pelo actual seleccionador José Kilamba, inclusive a FAF já esteve em posse do meu passaporte, mas quando a convocatória saiu, não constava o meu nome, nem o do Geraldo", concluiu.
JORGE NETO