Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Miller Gomes aposta na vitria

Manuel Neto - 11 de Março, 2016

Miller Gomes, disse ontem que a sua equipa vai defrontar hoje, em Ndalatando, o Porcelana FC, com muitas cautelas para evitar surpresas.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O lateral direito Mussumari , o  médio Massassi e o  avançado Chole, ambos lesionados, e o central Mingo Sanda (adoentado), desfalcam a equipa do Kabuscorp do palanca no jogo de hoje, às 15h30, no Estádio Fernando Diniz, frente ao Porcelana FC do Cuanza Norte, referente à quarta jornada do Girabola Zap 2016.

O  técnico  principal da  equipa do Palanca, Miller Gomes, disse ontem no final do último treino da semana, realizado no campo adjacente  ao  estádio 11 de Novembro,  que a sua equipa vai defrontar hoje, em Ndalatando, o Porcelana  FC, com muitas cautelas para evitar surpresas.

"A equipa do Porcelana é do nosso campeonato e apesar de ter duas derrotas na prova, não significa que  vai para o campo cabisbaixo à espera de uma derrota, pelo  contrário, acreditamos que jogará no máximo da sua força para obter a sua primeira vitória na competição", disse.

Miller Gomes adiantou que  não obstante a expectativa  que encerra o encontro,  no decurso da semana, a sua equipa trabalhou com rigor todas as nuances inerentes ao encontro, a julgar pelas dificuldades que poderá encontrar no terreno adversário.

"Cada jogo é um jogo e no  decurso da semana, apesar de termos alguns jogadores  ausentes,  por motivos de saúde, o grupo cumpriu à risca as orientações que passamos e esperamos que metam  tudo em evidência na hora do jogo,  para que no final  o resultado resulte a nosso favor", referiu.

Gomes sublinhou que os resultados positivos alcançados pela sua equipa  nas primeiras jornadas, elevou bastante o moral do conjunto, o que lhe  leva a pensar  que o grupo vai sair do Cuanza Norte com os três pontos.

"Devo dizer que  neste arranque da prova, os resultados que alcançamos  têm servido de impulso para  a melhoria do grupo. Significa que estamos bem, quer no aspecto moral, como técnico, apesar de o ataque  estar a apresentar ainda  algumas falhas. Mas isso é normal, uma vez que os nossos atacantes são jovens  e  acredito que o processo de  aperfeiçoamento dos mesmos  pode ser melhorado a breve trecho", asseverou
O treinador Miller Gomes tem à disposição os seguintes 18 jogadores para "Operação Ndalatando":
Mário, Rubian (guarda-reds), Bobo, Faustino, Loló, Silva , Fucki, Mano, Meda, Magola, Lami, Trésor, Amarildo, Mpele Mpele, Nary, Evandro, Fundo e Domingos.


BENTO KANGAMBA
“Temos adeptos em todo país”


O presidente do Kabuscorp do Palanca, Bento dos Santos "Kangamba", disse ontem que o clube não está preocupado com a possível falta de apoio no jogo desta tarde, em Ndalatando, diante do Porcelana do Cuanza Norte, na abertura da quarta jornada do Girabola Zap 2016, porque tem adeptos por todo o país.

Kangamba sublinha que o Cuanza Norte está ligado à províncias onde existem muitos adeptos do Kabuscorp, nomeadamente Malange e Uíge. Ainda assim, garante que de Luanda vão seguir também muitos apoiantes do clube.

"As pessoas todas vão ver o jogo, algumas podem dizer o que entenderem, mas o Kabuscorp é uma equipa popular. Acho que o Kabuscorp não se queixa da popularidade dos adeptos, mas só se queixa de pontuar e em ter equipa de qualidade. O campeonato começou agora, mas sempre com aquelas dificuldades. O campeonato é complicado para todos, acho que o Kabuscorp tem estado a fazer alguma coisa de bom, melhorou o seu plantel e tem estado a jogar com calma. Ainda é cedo para se tirar conclusões", disse.

O responsável máximo da equipa do Palanca considera, por outro lado, ser importante que a equipa não perca pontos, porque acredita que quando se perde pontos e mais complicado.

"Já perdemos dois pontos com o Libolo, imagina se ganhássemos hoje estaríamos a falar de nove pontos. Temos equipas que estão à nossa frente, mas que há anos que não estavam à nossa frente. Temos uma grande equipa técnica, uma equipa nova, com jogadores jovens e estamos a nos preparar para ver chegamos ao momento exacto e ver o que estamos a fazer", sublinhou.


SEGUNDO JOGO EM CASA
Luís Mariano promete mais atitude


A equipa do Porcelana FC do Cuanza Norte, apesar das chuvas que caem sobre a cidade de Ndalatando, realizou um trabalho positivo durante a semana e está assim preparada para contrariar os intentos do Kabuscorp do Palanca no jogo marcado para hoje, às 15h30, no estádio Fernando Diniz, pontuável para a quarta jornada do Girabola Zap 2016, de acordo com o treinador Luís Mariano.

Luís Mariano disse que vai ser um jogo difícil e reconhece o potencial do adversário que considera ser uma grande equipa, com excelentes jogadores e que entra em campo para ganhar qualquer equipa do Girabola Zap.  Aliás, recordou o brasileiro, os palanquinos foram campeões nacionais na epoca de 2013.

“Com todo o respeito pelo Kabuscorp, dizer que vamos ter um rendimento melhor, porque os jogadores estão a se encontrar e cada vez mais estão completos”, disse.

O técnico brasileiro entende que o grupo está mais forte e empenhado, por um lado, devido a autorização pela Federação Angolana de Futebol (FAF) dos jogadores Viola e Zezão e, por outro face a ausência de lesões, com excepção a Dilman.

O Porcelana, em três partidas disputadas, não marcou qualquer golo. Empatou em Luanda contra o Progresso Sambizanga (0-0) e perdeu em casa contra o Desportivo da Huíla e fora frente ao 1º Maio de Benguela por 1-0. Os números em causa revelam a ineficácia ofensiva da equipa. A esse respeito Luís Mariano, reconhece o facto e disse tratar-se de uma equipa em formação, que precisa de tempo para se afirmar.

Acrescenta que formar  uma equipa, primeiro tem de se preparar a parte defensiva,   existir  harmonia entre as linhas defensiva, meio campo e o ataque, porém, a parte defensiva já está melhorar  e se precisa  melhor aproveitamento da ofensiva. 

“Estamos a chegar agora ao ataque com mais qualidade, acredito que no jogo contra o Kabuscorp a equipa vai subir de produção. Numa equipa em formação sempre aparecem alguns detalhes , nós fizemos o jogo contra o Progresso, estávamos a trabalhar em Luanda, cá (Ndalatando) também precisávamos de adaptação dos nossos atletas, que são atletas novos”, disse.

O técnico do Porcelana FC do Cazengo descarta a ideia de ser decisivo o jogo contra os homens do Palanca. No confronto de hoje  destaque para a entrada de Viola, para o lugar do lesionado Dilman, para fazer dupla com Rasca  no ataque. Os demais do "onze" inicial podem ser  Tsherry (guarda-redes), Lara e Miguel (laterais ), Papi e Chico Caputo (centrais)  Djemba, Djamy, Armando e Carlos (médios).
ISIDORO NATALÍCIO | NDALATANDO