Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Moco "reclama" lugar no ataque

26 de Março, 2018

O atacante considera que no vai ser ingrato com a direco do clube.

Fotografia: Jornal dos Desportos

 O jogador internacional  Moco, do Interclube, pode este ano abandonar o clube e rumar para outro emblema, 10 anos depois de servir a equipa, segundo fonte próxima do atleta que falou ao Jornal dos Desportos.
O avançado está vinculado à equipa até Novembro, está muito agastado com o facto de já se disputarem sete jornadas do corrente Girabola ZAP, e não ser opção da equipa técnica.
O atacante considera que não vai ser ingrato com a direcção do clube, particularmente com o presidente Alves Simões, contudo, de acordo com a fonte, \" o dirigente sabe de muita coisa que existe no balneário do Interclube\".
Segundo o interlocutor do nosso jornal, o jogador quando regressou em Janeiro da selecção nacional que competiu no CHAN de Marrocos, esperava entrar nas contas do técnico Paulo Torres, para sua  desilusão entrar nas  contas do \"onze\" inicial em substituição de algum colega passou a ser uma miragem.
\"Temos estado a conversar com o jogador, a pedir para chegar ao fim do contrato, a fim de pensar noutra equipa. O contrato termina em Novembro. O Girabola termina em Agosto, restam depois três meses para  Novembro,  pode  não haver garantias de renovação se algumas coisas não mudarem na equipa técnica\", disse a fonte próxima do jogador.
O jogador não é indisciplinado, como disse a fonte, nunca teve problemas com os técnicos de Paulo Torres , reclama uma oportunidades no ataque do Interclube, em que já deu muitas alegrias, com golos.