Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Mrio Soares focado no triunfo

Jlio Gaiano, em Benguela. - 11 de Abril, 2019

Mrio Soares reconheceu, que a diviso de pontos em casa com a formao do Uge

Fotografia: Paulo Mulaza, Edies Novembro

O técnico principal do Desportivo da Huíla, Mário Soares, assume todo o favoritismo quanto à  vitória da equipa no jogo com o Progresso do Sambizanga, amanhã, sexta-feira, a partir das 15h00, no Estádio do Ferroviário, no Lubango, para a 24ª jornada do Girabola Zap 2018/2019.
\"A nossa preocupação no jogo com o Progresso, a jogar em casa, e com todo o respeito que temos ao adversário, tem de assumir o favoritismo, fazer um bom jogo e vencer. Estamos compenetrados, a nossa obrigação é fazer bom resultado em casa\", assumiu Mário Soares, na antevisão ao jogo.
Ambicioso e firme no objectivo definido, Mário Soares defendeu a necessidade da equipa, actual terceira classificada com 37 pontos, manter a excelente produtividade e a força competitiva que impõe aos adversários no Estádio do Ferroviário, na presente edição da prova.
O técnico garantiu, por isso, que para este jogo, a necessidade de manter a força e a produtividade em casa, é acrescida pelo que tudo vai ser feito para a obtenção dos três pontos. Justificou, por isso, que o triunfo é o único que permite ao Desportivo regressar aos bons resultados nos jogos em casa, depois do empate a zero com o Santa Rita de Cássia que surpreendeu a equipa de Mário Soares, em pleno Estádio do Ferroviário.
\"Há que recuperar do mau resultado e continuar a ser forte em casa, onde queremos manter os níveis de produção, mormente, o último resultado em casa, não ter sido o desejado\", desabafou o técnico.Mário Soares reconheceu, que a divisão de pontos em casa com a formação do Uíge e a derrota na jornada diante da Académica do Lobito, no reduto destes, por 2-0, são as principais dificuldades na preparação da equipa, pois, a motivação e a recuperação dos níveis anímicos do grupo estão a exigir tratamento especial e cuidado.
Justificou, que preparar a equipa, após resultados negativos, acarreta preocupações, mas tudo está a ser feito para superar os efeitos negativos decorrentes dos desaires. \"Trabalhar, depois de um bom resultado facilita. Mas nesse caso, para nós, não. Há toda a preocupação de levantar a moral da rapaziada e procurar que se compenetrem na obrigação, como de princípio tenho dito, pensar no próximo jogo como o mais importante de todos e não o passado\", descreveu.
Privado do influente médio ofensivo Bruno, por castigo federativo e do avançado Jacques, ainda do médio Bruno de Jesus, por lesão, Mário Soares disse que ainda assim, dispõe de um leque de atletas aptos que trabalharam para um bom resultado com o Progresso.