Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Mrio Soares assume favoritismo

Benigno Narcisco , no Lubango - 16 de Março, 2019

O técnico do Desportivo da Huíla, Mário Soares, dá total favoritismo à sua equipa, no desafio de amanhã, às 15h30, no estádio do Ferroviário, no Lubango, diante do Cuando Cubango FC, pontuável para a 20ª jornada do Girabola Zap 2018/2019.“A jogar em casa temos que ter argumentos e capacidades, para poder ultrapassar o adversário (Cuando Cubango FC). Este é daqueles jogos que tenho de reconhecer que a minha equipa é favorita, somos favoritos.
 Temos o objectivo definido para esse jogo, em que a meta será vencer”, disse.
Firme na convicção de triunfar, o técnico da formação afecta à Região Militar Sul, clarificou que favoritismo não é sinónimo de vitória antecipada, o que pressupõe a obrigação da sua equipa ser igual a si mesma dentro das potencialidades e capacidades técnicas e competitivas que ostenta. “Mas esse favoritismo não dá vitória antecipada. Teremos que trabalhar muito, para conseguirmos o objectivo.
Temos consciência que vai ser um jogo com o seu grau de dificuldades”, disse.Mário Soares reforçou que o triunfo obtido na jornada anterior, frente ao Interclube, por 1-0, no estádio do Ferroviário, elevou os índices motivacionais da equipa, que na convicção do técnico, necessitava de um grande alento psico-emocional, após os acontecimentos registados no polémico desafio frente o 1º de Agosto, envolto de suspeição de resultado combinado.“Realizámos uma preparação em cima de um bom resultado e aqui o moral dos atletas está em condições.
 Daqui para frente continuaremos a fazer os resultados esperados por nós”, disse.Mário Soares, que continua privado dos préstimos do avançado congolês Jacques e do nigeriano Razaq e ainda do médio central nigeriano Ibukun, todos por lesão, cedidos pelo 1º de Agosto para a segunda volta, poderá utilizar o mesmo \"onze\" que recebeu e venceu o Interclube na ronda passada.Assim, Mário Soares poderá actuar de início com Ndulu; Chiwe, Sargento, Sidney e Emilson; Nuno, Malamba, Cagodó e Bruno; Milton e Lionel.