Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Nandinho brilha no duelo final

Gauncio Hamelay no Lubango - 20 de Maio, 2019

O golo sofrido afectou os diamantferos

Fotografia: Edies Novembro

A sensacional campanha do Desportivo da Huíla no Girabola Zap 2018/2019, encerada ontem, foi coroada com um \"bis\" do avançado Nandinho, na vitória (2-0) sobre o Sagrada Esperança da Lunda Norte, o que garantiu a terceira posição do campeonato nacional.  

Determinados e com ânsia de voltar às competições africanas, depois de já o terem feito em 2014, os comandados de Mário Soares assumiram as rédeas do jogo. Fruto disso, aos 3 minutos, Nandinho, numa distância de aproximadamente 40 metros, rematou forte, sem dar qualquer hipótese de defesa ao guarda-redes JB Missenga, que viu apenas a bola no fundo das malhas. 

O golo sofrido afectou os diamantíferos, pois a equipa de Tramagal não reagiu da melhor maneira, ou seja, os militares da Região Sul, agigantaram-se e assumiram o domínio do jogo, com passes bem definidos e saídas rápidas, num grupo em que Mário Soares fez alinhar muitos jovens, que deram conta do recado, pois deixou no banco de suplentes os consagrados Sargento, Elias e Milton, titulares indiscutíveis ao longo do campeonato. 

O Sagrada Esperança tentou ainda contrapor a avalanche ofensiva dos donos da casa, com Jiresse a ser o mais inconformado. Foi assim que aos 21´, teve a oportunidade de empatar o jogo, quando à entrada da grande rematou forte, obrigando o guarda-redes Ndulo, a uma defesa apertada.

Em resposta, a ameaça, incomodou a equipa de casa, muito bem arrumada,  que fechavam as linhas de passe das dianteiras dos lundas. Com as atenções da defesa da equipa de Agostinho Tramagal viradas sobretudo ao atacante Lionel, melhor marcador do conjunto militar, com 12 golos, os furos foram muito bem aproveitados pelos seus companheiros de equipa na linha de ataque, no caso Nandinho, que soube aproveitar da melhor forma as oportunidades conseguidas.  

A segunda parte foi bastante disputada. As duas equipas entraram determinadas em  chegar ao golo mas foi o Desportivo da Huíla, aos 57´, quem melhor tirou proveito da situação, novamente por Nandinho, a passe de Lionel, este desfez-se da muralha defensiva da equipa adversária e rematou forte e certeiro. A equipa de arbitragem liderada por Ailton Carmelino, teve como auxiliares Júlio Lemos e Júlio Mateus, tiveram uma postura exemplar.