Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Nandinho est em grande no plantel dos "polcias"

Valdia Kambata - 09 de Abril, 2015

Mdio com vrios anos de Girabola quer aproveitar da melhor maneira o bom momento que atravessa

Fotografia: Jos Cola

O médio ofensivo, Wilson Fernandes Augusto Macamo “Nadinho”, contratado esta época  pelo Interclube com intuito de  ajudar  o clube  a trilhar novos horizontes, tem sido das principais revelações da equipa. Em sete   jornadas já disputadas o jogador  participou  em seis jogos na condição de titular e marcou três golos.
Face  ao bom momento  que está a  atravessar o atleta  valoriza  a confiança que lhe é depositada pelo técnico Ilian Iliev e direcção do clube.

“Só tenho de agradecer a direcção do Interclube o  convite e a oportunidade  que o treinador me tem dado e também pelo trabalho  do colectivo que tem puxado por mim, daí o bom momento  que estou a atravessar. Espero  continuar assim”, disse o atleta.

Aos 29 anos de idade,  o médio já leva  vários  anos  de Girabola e pretende  aproveitá-la da melhor maneira.
“Tenho muitos anos  de Girabola, espero sempre  aproveitar  para transmitir  alguma confiança  aos meus  colegas  e  dar continuidade ao meu trabalho da melhor maneira a afim de engrandecer não só a minha carreira desportiva, mas como meu actual  clube”, sublinhou.

Fruto  da boa prestação no estágio  que a equipa realizou  em Joanesburgo, África do Sul, Nandinho  ganhou confiança  do treinador  Ilian Iliev  e entrou logo  no lote dos jogadores  titulares,  um  dos atletas mais regulares  do plantel dos polícias.  A propósito, o médio esclarece  que está preparado para o desafio que o treinador lhe proporcionou.

“Como jogador  devo estar preparado para qualquer tipo de desafio. Quando me foi feito o convite,  apresentaram-me  um projecto e aceitei ,pois o Interclube é um clube  grande e organizado. Mostrei logo disponibilidade  de trabalhar  e lutar por um lugar na equipa”, disse.

O atleta  confessa  que  quando  entrou  na equipa foi apenas com o propósito de trabalhar . “ A minha linha de pensamento é trabalhar e ganhar  confiança  do treinador  e respeito pelo colegas”, considerou.


TITULARIDADE
Médio considera salutar a concorrência


 Com intuito de conquistar  um dos três primeiros lugares no Girabola, a direcção dos policias reforçou-se com vários atletas, com destaque  para os meias campistas, Paz, Diangui, Pedrito.
O atleta, ainda assim,  não teme  a concorrência. “A concorrência no Interclube  é salutar.  Existe  muito bons jogadores, a concorrência vai ajudar  a nos empenharmos mais  para o bem  da equipa,  serve  de motivação para  continuarmos a trabalhar”, reconheceu Mandinho.

O médio ofensivo da equipa  dos polícias  espera  continuar a merecer a confiança  do técnico  e subir  de rendimento, para  ajudar a equipa  a cumprir  os seus  objectivos. 

"O mais importante  é continuar a fazer o meu trabalho em prol do clube.  Espero, obviamente, que os golos  continuem  aparecer e que possam levar o clube ao caminho certo. Vou continuar a trabalhar  para marcar  golos" realçou o atleta.

Aos 29 anos , o médio ofensivo ainda  deseja vestir  a camisola da  selecção nacional depois de ter passado por lá em algumas ocasiões. “Estou  bem fisicamente e, por isso, não deve ser segredo  para ninguém que  ainda sonho  em jogar na selecção nacional. Todo jogador  anseia  jogar na sua equipa  nacional, eu também tenho esse desejo. Vou continuar a trabalhar para que tal aconteça o mais breve possível”, prometeu.

Nandinho acredita  mesmo que a boa  época que está a fazer no Interclube  pode abrir a porta para o regresso à selecção nacional. “ Acredito que tenho a   oportunidade de mostrar a minha qualidade  e quem sabe, representar a  equipa de todos nós.  A Selecção Nacional é o ponto alto de qualquer atleta e como tal ainda almejo jogar aos Palancas Negras. Tenho 29 anos de idade e quero continuar a jogar para um dia regressar à  equipa nacional”.

 Embora  tenha o desejo de voltar à selecção nacional, Nandinho ressalta que  o clube está  em primeiro lugar. “Tenho de considerar a minha participação  no meu clube, quem vai a selecção nacional é aquele jogador que faz um bom trabalho  no seu clube. Então vou primeiro trabalhar  no Interclube  e esperar pela minha  vez na selecção”, disse o atacante  do Interclube.
VK


CAPACIDADE
"O Interclube
 é um grande  clube"


O Interclube,  definiu  como  meta para esta época, a conquista  de um dos três primeiros lugares do Girabola e o regresso às Afrotaças. Em nome dos  seus colegas, Nandinho  acredita,  que com humildade  pode-se  chegar  aos  objectivos.

“O Interclube  é um grande  clube que se organizou bem  para  conseguir os seus  objectivos, contratou bons jogadores  que podem ajudar o clube a chagar lá, desde que nos dediquemos ao trabalho . Nós atletas estamos  conscientes dos objectivos do clube  e só  nós temos a missão de lutar,  jogo após  jogo,  para estarmos  entre os três primeiros  classificados para  jogar nas Afrotaças, destacou o jogador.
O jogador considera  o Girabola 2015 bastante  competitivo.

 “O Girabola é uma competição muito forte com grandes equipas e que a cada ano que passa evolui mais”, disse.
O médio, aponta  o regresso de muitos  atletas angolanos, que actuavam na Europa, como uma mais valia para o engrandecimento do campeonato. “Hoje  existem muitos  jogadores que preferem  jogar  aqui em relação a Europa. Temos visto muitos atletas estrangeiros a jogar no nosso campeonato e isso mostra que  já atrai”,  salientou .

Nandinho  adiantou ainda  que as  que a equipas que participam no Girabola de 2015    preparam-se  bem  e  prova  está à vista porque os chamados  grandes do campeonato  perdem  com os que eram rotuladas de equipas  pequenas . “Está uma competição bastante  renhida onde  todos merecem respeito”, reforçou.
O médio ofensivo Wilson Fernandes Augusto Macamo “Nadinho”, quanto ao plantel do Interclube disse que é forte, com jogadores com capacidade para lutar de igual com qualquer equipa. “Tenho fé que vamos fazer um bom campeonato, temos uma boa equipa onde todos preocupam-se em fazer a sua tarefa e por isso é que todos estão com vontade de trabalhar”, lembrou o jogador.

No balneário dos polícias, para o jogador, o clima é bom e isso ajuda o Interclube  num  novo rumo que é   lutar pelos lugares cimeiros.“ Nesta altura estamos bem, vamos lutar para continuar na senda das vitórias e assim criamos alguma confiança dentro da nossa equipa. Sei que não é fácil, mas a nossa equipa está moralizada e com vontade de conseguir  pontos em cada jogo, para continuarmos lá no topo ”, disse o médio ofensivo.

“Já fizemos bons jogos, apenas os golos não têm aparecido nos últimos jogos . O treinador tem feito um bom trabalho, a equipa tem feito boas exibições, mas os golos têm faltado. Acredito que bons dias virão”, alvitrou o jogador.
VK