Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

\"Ningum ainda campeo\"

Manuel Neto - 12 de Setembro, 2017

Equipa de Bento Kangamba e pupilos comeam amanh a preparao do jogo com o Progresso da Lunda- Sul

Fotografia: Jornal dos Desportos/ Edies Novembro

A vitória do Kabuscorp do Palanca no sábado diante do Interclube, por 3-2, quando ao meio da segunda parte perdiam, por 2-0, relançou o pensamento do presidente do Kabuscorp,  Bento dos Santos Kangamba, na crença ao título do Girabola Zap. Todavia, a estatística mostra claramente, que o troféu está mais a favor do Petro de Luanda e do 1º de Agosto.

 No final do jogo, Kangamba, alegre pela vitória, sublinhou que  o título está ao alcance das três equipas do topo,  por isso, o dirigente promete trabalhar  e acreditar ainda  na possibilidade. " Com a vitória conseguida  frente ao Interclube, tudo indica que ninguém ainda é campeão. E, por  acharmos que  a luta está aberta a todas as equipas,  vamos  trabalhar com o pensamento virado neste propósito", disse Kangamba.

Moralizados com a vitória na jornada anterior, os pupilos de Romeu  Filemon começam  amanhã às 9h00,  no Estádio dos Coqueiros, a preparação do jogo com o Progresso da Lunda- Sul, com o pensamento na vitória para  continuarem ainda esperançados no titulo, conforme fez questão de referir o presidente do clube.

Os palanquinos têm seis jogos, ou seja 18 pontos em disputa, e  a traduzi-los em vitórias, perfazem um total de 60 pontos,  mas  a história da prova mostra, que o título só acontece por um milagre, a julgar pela pontuação, aliada aos pergaminhos das equipas que vão à sua frente.

Fundado em 1994, o conjunto do bairro do Palanca, da província de Luanda, ascendeu ao escalão maior do futebol angolano em 2008, temporada em que ocupou o décimo lugar, com 31 pontos. Conquistou dois troféus, um do Girabola2013, e uma supertaça de Angola em 2014. Também já foi vice -campeão nacional, em 2011

A verdade é que desde a jornada deste  Girabola2017, em que a 11 de Fevereiro defrontou a Académica do Lobito , o Kabuscorp ocupa a terceira posição da tabela com  42 pontos, menos 12 pontos  que o 1º de Agosto, no comando da prova e com menos 11pontos que o Petro de Luanda, na segunda posição.

Na época passada, na ânsia do resgate do título, a equipa viveu alguns dissabores em termos de resultados, que culminaram com a mudança sucessiva de técnicos, designadamente, Miller Gomes, e depois Mateus Agostinho (Bodunha), e hoje está  sob o comando de Romeu Filemon.