Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Nmeros satisfazem Bianchi

Paulo Caculo - 19 de Maio, 2017

Treinador afirmar ontem, em conferncia de imprensa, que o balano da primeira volta positivo.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Petro de Luanda tem hoje mais quatro pontos, mais duas vitórias, golos marcados e menos sofridos, em relação à época de 2016. Os actuais números superam, em absoluto, o rendimento espelhado pelos tricolores no Girabola transacto, facto que permitiu ao treinador afirmar ontem, em conferência de imprensa, que o balanço da primeira volta é positivo.

\"Já cumprimos o objectivo da primeira volta, que era melhorar a classificação do ano passado\", adiantou-se a esclarecer, Beto Bianchi, durante a antevisão ao jogo de amanhã, frente ao 1º de Maio de Benguela, no estádio 11 de Novembro.

De acordo com o técnico dos tricolores, ainda que a equipa perca o jogo deste sábado, nada vai se alterar em relação aos pontos conseguidos pelo Petro este ano, em 14 jornadas disputadas, mais quatro em relação aos da temporada passada.

\"Mesmo faltando um jogo, já temos mais quatro pontos em relação ao ano passado. Penso que o nosso objectivo é melhorar sempre a nossa prestação em relação as épocas anteriores e este ano temos conseguido, apesar das nossas limitações\", acrescentou.

Beto Bianchi referiu, por outro lado, que o rendimento da equipa tem sido manifestamente superior, se comparado com os campeonatos anteriores. Admite que numa outra realidade financeira e com mais investimentos, o Petro estaria melhor cotado no campeonato e, se calhar, ao nível dos demais candidatos ao título.

\"O Petro não fez grandes investimentos. Estamos a lutar contra adversários que investiram muito e infelizmente no futebol o dinheiro marca muito a diferença e o ritmo das equipas. O Barcelona e o Real Madrid, por exemplo, são clubes grandes porque têm dinheiro e não se pode comparar com investimento feito pelo Osasuna e o Betis\", enfatizou o experiente treinador, recorrendo a uma analogia com o campeonato espanhol.

O hispano-brasileiro considerou, ainda, que dadas as dificuldades financeiras que o Petro tem vindo a ultrapassar, olhado para os números da equipa na tabela de classificação, há razões para se ficar satisfeito, sobretudo porque há melhorias na classificação.

\"Temos mais pontos (31/27); mais golos marcados (21/15); menos golos sofridos (6/8) e, no balanço geral, as contas são muito positivas nesta primeira fase de campeonato\", congratulou-se.

ANTEVISÃO AO JOGO
Em relação ao jogo de amanhã, frente ao 1º de Maio, Beto Bianchi considera ser uma autêntica final, à semelhança dos demais jogos do campeonato. O treinador aproveitou para repudiar igualmente o facto de se ter feito passar a ideia de que o \"Petro pensava que faria um passeio turístico no Uíge\", facto que nunca esteve nas suas previsões.

\"Sempre considero todos os jogos difíceis. Quem diz isso é porque não acompanha as minhas conferências de imprensa. Sempre falei que seria um jogo difícil, para mim todos os jogos são difíceis e no dia em que falar, assumo as minhas responsabilidades\", afirmou, categórico.

Beto Bianchi mostra-se expectante em relação aos jogos em que intervêm os seus mais directos concorrentes na liderança do campeonato. Acredita que o Petro pode encerrar a primeira volta na liderança, caso 1º de Agosto e Libolo não cumpram os objectivos nesta jornada.

\"Vai haver jogos com adversários directos e se a gente vencer o nosso jogo já será uma motivação extra. Estamos a contar com isso também, mas primeiro a gente tem de conseguir o nosso objectivo\".