Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

"No vai ser um jogo fcil"

13 de Dezembro, 2018

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

O técnico-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, minimizou a crise financeira que o Progresso do Sambizanga atravessa e antevê dificuldades, apesar de confiar num bom resultado da sua equipa no jogo, hoje às 17h30, no estádio 11 de Novembro, no derbi mais popular do Girabola Zap.
O antigo médio militar reconheceu, que os sambilas têm feito um bom início de campeonato, mas estão confiantes na conquista dos três pontos para manter a liderança na competição.
\"Apesar das dificuldades que o Progresso está a viver, eles têm feito um bom campeonato e de certa forma vai dificultar o 1º de Agosto, por isso temos que nos prevenir, porque não vai ser um jogo fácil. Vamos encarar este encontro com a ambição de vencer”, disse o técnico-adjunto agostino à imprensa, na última terça-feira, no ex-RI20.
Em relação ao adversário, Ivo Traça elogiou o seu comportamento em campo e garantiu que a equipa vai ter de jogar ao máximo nível, para ganhar o jogo.
\"O Progresso é uma equipa experiente, tem um técnico novo, apesar de que já fazia parte do grupo, portanto, não será fácil. Mas nós temos de tornar este jogo fácil, correndo mais e marcando golos para somar os três pontos\", disse o adjunto de Dragan Jovic, acrescentando que \"a nossa última exibição não foi muito boa, mas valeram os três pontos, num jogo também muito difícil. Naturalmente que queremos fazer uma boa exibição diante do Progresso e ganhar\", defendeu.
A equipa orientada pelo sérvio Dragan Jovic, entra para a 6ª jornada na primeira posição da classificação geral e conserva o estatuto de melhor defesa do Girabola Zap, sem  golos sofridos, e garante ambição para manter o registo.Os rubro-negro poderão contar com os préstimos dos extremos Ary Papel e Geraldo, além do lateral esquerdo Natael, o último fora dos relvados desde à segunda volta da época passada. Os dois primeiros jogadores falharam o último desafio do campeonato nacional, por lesão, e podem estar de regresso aos campos.
O avançado Mabululu, melhor marcador dos agostinos, com quatro golos, atravessa um bom momento de forma e terá do outro lado Megue, com três, num duelo de goleadores, onde apesar do interesse pelo golo, o mais importante para eles será a conquista dos três pontos. O regresso do extremo Nelson da Luz no jogo passado, diante da Académica do Lobito, seis meses depois de recuperar da lesão, aumenta as opções da equipa técnica para o duelo com os sambilas, um adversário tradicionalmente difícil. JORGE NETO