Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Os jogadores mudaram de mentalidade

EDIVALDO LEMOS - 23 de Dezembro, 2019

O técnico do Petro de Luanda revelou estar satisfeito pela forma como a sua equipa tem competido nos últimos jogos e que culminou com a liderança ao cabo da primeira prova, mas não garante que será o campeão. Toni Cosano disse, que tudo vai depender da dinâmica de vitórias.
\"Não posso dar garantias se seremos campeões do Girabola, mas se continuarmos no mesmo caminho de vitória, seremos campeões. Isto é futebol, não é matemática e muito menos é algo cientifico. O nosso plantel está comprometido em fazer uma boa época e lutar até ao último minuto, para sermos campeões do Girabola, depois de muitos anos\", revelou.
O treinador encara a liderança da primeira volta, como um indicativo para provar que os tricolores podem ser campeões e quebrarem o jejum de dez anos sem vencer a prova. O espanhol aponta a mudança de mentalidade no plantel como a chave do sucesso.
\"Ainda temos uma segunda volta pela frente. Somos um clube grande, com muitos anos de história. Os nossos adeptos estão a sofrer durante anos e ser líder da primeira volta, já é um indicativo de que as coisas estão bem e os jogadores mudaram de mentalidade\", enalteceu.
Toni Cosano avaliou os três jogos disputados, num espaço de sete dias, como a prova da dinâmica que se vive no Catetão. Os nove pontos disputados conferiu ao grupo o estímulo que precisavam para os objectivos que perseguem.
\"Durante sete dias, tivemos três jogos e a equipa correspondeu muito bem. Estamos no caminho certo. Nos dois jogos da Liga dos Campeões, perdemos um e empatamos o outro. Temos um plantel forte e com muita qualidade\", elogiou.
EDIVALDO LEMOS