Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Girabola

Paulito amargura sambilas

LOURENÇO BULE, EM MENONGUE - 19 de Março, 2018

Grémio das terras do progresso precisou apenas de um golo para somar mais três pontos

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

O desejo manifestado pelos homens do Cuando Cubango FC em transformar o Municipal do Menongue num \"inferno\" para os seus adversários no Girabola Zap começa a ganhar corpo. A equipa das terras do progresso, em quatro jogos em casa, apenas não pontuou diante do Interclube, tendo \"varrido\" os restantes concorrentes. E para não variar, ontem fez mais uma vítima. Trata-se do Progresso Sambizanga.
O golo solitário de Paulito, no primeiro minuto de jogo, na cobrança de um pontapé livre fora da grande área, bastou para os rapazes de Abel da Conceição subirem mais alguns degraus na tabela de classificação.
Apesar do golo sofrido, o Progresso não baixou os braços. Pelo contrário. A equipa de Hélder Teixeira partiu para cima do adversário, pressionando muito na ânsia de chegar ao empate, só que a defesa do Cuando Cubango FC esteve bem. Exemplo disso, aos onze minutos, Mavambo, depois de tirar todos do caminho, quando se preparava para visar a baliza de Rochana, Paulito impediu o pior com um belo corte.
Como resposta Paulucho do Cuando Cubango Futebol Clube, Paulucho depois de tirar um adversário da frente remata forte, mais a bola sai por cima da baliza defendida por Titi.
Aos 29 minutos, Fundo fez um belo cruzamento para Balakai, mas este não chegou a tempo e a bola foi para fora. Na jogada seguinte, o mesmo Balakai, num belo gesto técnico, passou para Celso que dentro da área rematou forte mas Rochana atento evitou o empate.
Os sambilas bem poderiam terminar a primeira parte em igualdade no marcador, porém, aos 40´, Fundo, dentro da área adversária, numa jogada de insistência, viu o guarda-redes Rochana negar-lhe o golo ao defender com precisão o remate deste.
Inconformados com o resultado, os sambilas mas a defesa dos visitados não dava brechas.
No reatamento da partida, as substituições operadas pelos dois treinadores favoreceram mais o Cuando Cubango FC , pois conseguiu manter o resultado até ao final do jogo, embora, aos 90´, poderia ter ampliado por Paulito que rematou forte na sequência da cobrança de um livre à entrada da grande área mas que Titi, com belo gesto técnico desviou a bola para canto.